Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de diferentes doses de hormonio tireoidiano sebre a expressao genica e proteica do transito de calcio em animais obesos e submetidos a restricao alimentar.

Processo: 08/56330-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Celia Regina Nogueira
Beneficiário:Juliana Marino
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Expressão de proteínas   Dieta com restrição   Hormônios tireóideos   Obesidade   Expressão gênica

Resumo

A causa básica da obesidade é multifatorial e é provavelmente uma combinação entre genética, meio ambiente e fatores psicossociais que determinam o balanço entre a ingestão alimentar e o gasto energético. Estudos clínicos mostram que obesidade está associada à disfunção ventricular, geralmente, diastólica, e que em modelos de obesidade induzida por dieta hipercalórica os resultados são divergentes, com alguns estudos mostrando função ventricular preservada, diminuída ou aumentada. Os mecanismos responsáveis pelas alterações do desempenho cardíaco em modelos de obesidade genética ou por dieta não estão estabelecidos, O coração é o órgão-alvo principal do T3 e mudanças ocorrem na função cardíaca em pacientes com hipo ou hipertireoidismo. Os genes dependentes de T3 atuam, principalmente, gerando proteínas da estrutura e de organização da célula miocárdica. A regulação hormonal pode ser positiva (SERCA2a) ou negativa (Fosfolambam). Sabe-se que a obesidade e a administração de T3 podem alterar a expressão gênica e protéica do trânsito de cálcio no coração. Contudo, não foram encontrados na literatura estudos que determinam as alterações gênicas e protéicas do trânsito de cálcio no modelo experimental proposto, bem como a importância da restrição alimentar nestas condições. Para isto serão utilizados 70 ratos machos Wistar, divididos em controle (C) e Obeso (OB). Após o período de indução de obesidade o grupo OB será subdividido em OB e RC (grupo com restrição alimentar de 25%). Após 8 semanas o grupo OB será subdividido em três, um que continuará recebendo o mesmo tratamento, um que receberá além do tratamento dose fisiológica de HT e outro receberá dose suprafisiológica de HT. O grupo RC será submetido ao mesmo procedimento. Ao final do experimento os animais serão submetidos ao ITT, análise de composição corporal, realização de exames bioquímicos, dosagens hormonais e expressão gênica e protéica de Serca, rianodina, fosfolambam e receptores de HT, no coração, através de técnicas de PCR em tempo real e Western Blotting. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MARINO, Juliana. Efeito de diferentes doses de hormônios tireoidianos sobre a expressão gênica e protéica de proteínas relacionadas ao trânsito de cálcio em animais obesos e obesos submetidos à restrição alimentar. 2011. 105 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina. Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.