Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de um novo gene pro-profilerativo associado com a progressão do melanoma e a mutação ativadora de BRAF

Processo: 08/56521-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 31 de agosto de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Enilza Maria Espreafico
Beneficiário:Cristiano Gonçalves Pereira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Vacinas   Marcadores prognósticos   Melanoma   Neoplasias

Resumo

O melanoma é um tumor bastante agressivo e cuja incidência vem aumentando no mundo todo. O tratamento desse tumor utilizando-se terapias convencionais é muito pouco eficiente e por isso, pesquisas que revelem alvos moleculares que possam ser utilizados em terapias anti-tumorais mais especificas são de grande relevância para esse tipo de tumor, assim como para outros tipos de câncer. Em um estudo prévio realizado em nosso laboratório, a partir da análise bioinformática de dados de ESTs, foi identificado um grupo de 29 genes com expressão potencialmente restrita a melanoma humano. Seis deles possuem ORF deduzida de acordo com o relatório GenBank, enquanto a maioria dos demais possuem somente ORF predita por programas de predição e um pequeno número não apresenta potencial codificador. O trabalho de validação do perfil de expressão desses genes já está em andamento e os primeiros resultados obtidos com um desses genes são animadores. Pretendemos investir na caracterização do grupo de genes com ORF deduzida com o objetivo de identificar novos marcadores com valor prognóstico e/ou novos antígenos tumorais em melanoma. Para isso, inicialmente confirmaremos se possuem expressão restrita a melanoma, através de Real Time RT-PCR utilizando RNA de linhagens de diferentes tipos celulares. Posteriormente, avaliaremos a expressão deles em amostras de tumores e sangue periférico de pacientes, também através de Real Time RT-PCR, e analisaremos a correlação da expressão com aspectos clínicos dos pacientes. Em paralelo, clonaremos a região codificadora dos siest genes em vetores de expressão em bactéria e as proteínas recombinantes serão testadas contra soro de pacientes com melanoma para verificarmos se serão reconhecidas como antígenos tumorais. Acreditamos que o projeto proposto aqui poderá contribuir para a identificação de novos marcadores ou alvos terapêuticos nesse tipo de tumor, e ainda na identificação de possíveis antígenos tumorais que poderão posteriormente ser utilizados em estratégias de vacinação anti-tumoral. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SOUSA, JOSANE F.; TORRIERI, RAUL; SILVA, RODRIGO R.; PEREIRA, CRISTIANO G.; VALENTE, VALERIA; TORRIERI, ERICO; PERONNI, KAMILA C.; MARTINS, WALESKA; MUTO, NAIR; FRANCISCO, GUILHERME; BROHEM, CARLA ABDO; CARLOTTI, JR., CARLOS G.; MARIA-ENGLER, SILVYA S.; CHAMMAS, ROGER; ESPREAFICO, ENILZA M. Novel Primate-Specific Genes, RMEL 1, 2 and 3, with Highly Restricted Expression in Melanoma, Assessed by New Data Mining Tool. PLoS One, v. 5, n. 10 OCT 20 2010. Citações Web of Science: 11.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.