Busca avançada
Ano de início
Entree

Mediadores químicos de comportamentos integrantes do processo de aprovisionamento e postura das células de cria (POP) em Scaptotrigona aff. depilis (Hymenoptera, Apidae, Meliponini)

Processo: 08/56591-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Comportamento Animal
Pesquisador responsável:Ronaldo Zucchi
Beneficiário:Filipi Rogério Silva
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Feromônios

Resumo

As abelhas da tribo Meliponini, conhecidas como abelhas sem ferrão, se caracterizam, entre outros aspectos, pela nítida distinção intercastas (rainha e operária), elaborada divisão de trabalho e impressionante diversidade bionômica. Os Meliponini se destacam ainda pela exclusividade do seu POP (cell provisioning and oviposition process), uma autapomorfia deste táxon, que envolve uma complexa cadeia de interações entre a rainha e as operárias. Ele é composto de sub-unidades (construção de células, pré-aprovisionamento, aprovisionamento, postura da rainha e operculação) fortemente inter-ligadas, além da postura de ovos tróficos (e/ou funcionais) pelas operárias. Evidentemente, a busca de explicações para a origem, evolução e diversidade dessa adaptação complexa é um tema muitíssimo interessante. Por razões práticas e em função dos vários comportamentos estereotipados que ocorrem durante o POP, pistas para o entendimento dos aspectos acima foram buscadas em interpretações aliadas à visualização dos caracteres comportamentais. Embora essa prática seja válida, ela não pode ser considerada como exclusiva, uma vez que a seqüência do POP pode estar associada a mediadores químicos comportamentais. Ademais, nos Apini grupo irmão das abelhas sem ferrão, há grande quantidade de informações a respeito da atuação de feromônios. A razão para "ousar" nessa área assenta-se na aquisição (Projeto Multi-usuários II, FAPESP), de um sistema de Cromatografia Gasosa Acoplada a Espectrometria de Massas SHIMADZU, modelo GCMS-QP2010, que, em aspectos afins ao tema em pauta, já permitiu notável progresso nos projetos de outros membros deste grupo. Dessa forma, o presente projeto visa investigar a possível existência de feromônios produzidos pela rainha e/ou operárias durante o POP de Scaptotrigona aff. depilis. (AU)