Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação química e biológica do fungo endofítico alg-02 isolado da Alchornea glandulosa

Processo: 08/56982-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Angela Regina Araújo
Beneficiário:Carolina Rabal Biasetto
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Antifúngicos   Micro-organismos endofíticos   Antioxidantes

Resumo

O projeto proposto tem como principal objetivo a obtenção de substâncias bioativas a partir do estudo químico/biológico do extrato bruto produzido pelo fungo endofítico? isolado das folhas de Alchornea glandulosa? será cultivado em pequena escala nos meios líquidos (400 mL PDB, CzapeK, Extrato de Malte, YM e Nutrient) e sólidos (180g, milho e arroz), a 25o C, sob agitação e no modo estático, respectivamente. Para os meios líquidos, o caldo será separado do micélio por filtração e submetido à partição líquido/líquido com AcOEt, fornecendo o extrato bruto, após a evaporação do solvente. Para os meios sólidos, será realizada uma extração com MeOH (3 vezes), seguida de filtração e evaporação do solvente, fornecendo o extrato bruto. Será selecionado para estudo químico/biológico o extrato que se mostrar promissor, após análise por RMN1H e CLAE? será cultivado em escala ampliada, no meio selecionado após a triagem, fornecendo o extrato bruto, que será fracionado por técnicas cromatográficas usuais. As substâncias puras terão suas estruturas determinadas e/ou elucidadas por métodos espectrométricos e serão submetidas aos ensaios para avaliação das atividades antifúngicas, frente aos fungos fitopatogênicos Cladosporium cladosporioides e C. sphaerospermum, arividade anti-malárica, bactericida... e da atividade antioxidante utilizando -caroteno e DPPH para as substâncias puras. Com este trabalho, ainda pouco difundido no Brasil, visa-se a busca de novos agentes bioativos potenciais e a implementação de estudos racionais da química de microrganismos associados com as plantas (endofíticos). (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BIASETTO, Carolina Rabal. Avaliação química e biológica do fungo endofítico Schizophyllum commune isolado de Alchornea glandulosa. 2011. 144 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Quimica..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.