Busca avançada
Ano de início
Entree

Seleção e isolamento de um novo gene VIP 3 a partir de coleções brasileiras de Bacillus thuringiensis efetivo no controle de Spodoptera frugiperda

Processo: 08/56622-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 31 de agosto de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Janete Apparecida Desidério
Beneficiário:Suzana Cristina Marucci
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Bacillus thuringiensis   Spodoptera frugiperda   Controle biológico

Resumo

Bacillus thuringiensis é a bactéria mais utilizada no controle biológico de insetos praga. Algumas linhagens de B. thuringiensis produzem uma classe de proteínas chamada Vip (proteína inseticida vegetativa). Estas são produzidas e secretadas como proteínas solúveis na fase de crescimento vegetativo da bactéria. Em particular, a proteína Vip3 possui atividade entomopatogênica contra insetos-praga da ordem Lepidoptera, revelando alta bioatividade para Spodoptera frugiperda (lagarta-do-cartucho), uma praga que causa severos danos à cultura do milho. Deste modo, o isolamento, identificação e seleção de isolados efetivos no controle desta praga são etapas importantes e essenciais para inseri-los no contexto do manejo integrado e na obtenção de plantas geneticamente modificadas resistentes a esta praga. Assim sendo, este projeto de pesquisa tem por objetivos selecionar novos isolados de B. thuringiensis, a partir de coleções brasileiras, portadores de novos genes vip3 por meio da técnica de PCR e seqüenciamento, e verificar possíveis associações entre polimorfismos presentes nos genes vip3 e a mortalidade de larvas de S. frugiperda. Pretende-se ainda, obter o isolamento de um gene vip3 completo, a partir de um isolado com comprovada eficiência no controle do inseto alvo. Este novo gene vip3 poderá, dado o seu potencial inseticida, ser utilizado em programas específicos e eficientes de controle biológico da lagarta-do-cartucho envolvendo a cultura do milho geneticamente modificado. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MARUCCI, Suzana Cristina. Seleção e caracterização de novos genes vip3A : genes inseticidas de segunda geração de Bacillus thuringiensis. 2010. 64 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias. Jaboticabal.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.