Busca avançada
Ano de início
Entree

Os moleques do morro e os moleques da praia: estilo de vida, infecções, anemia e descontinuidades fisiológicas na infância em um sambaqui fluvial (Moraes, Vale do Ribeira de Iguape, SP) e em um sambaqui litorâneo (Piaçaguera, Baixada Santista, SP)

Processo: 08/56125-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Arqueologia - Arqueologia Pré-histórica
Pesquisador responsável:Levy Figuti
Beneficiário:Patricia Fernanda Fischer
Instituição-sede: Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil

Resumo

Este projeto de pesquisa tem por objetivo principal estabelecer uma aproximação aos quadros patocenóticos infantis, com ênfase nas infecções, de dois diferentes grupos - os construtores do sambaqui fluvial Moraes e do sambaqui litorâneo Piaçaguera - relacionando-os com o estilo de vida e subsistência de cada um desses grupos. Para execução desta proposta, será utilizada uma abordagem bioarqueológica que integre dados relativos às infecções, aos eventos de descontinuidade fisiológica, à subsistência e ao estilo de vida. Por meio de uma perspectiva biocultural, serão analisados todos os indivíduos infantis (entre 0 e 12 anos) quanto aos seguintes aspectos: hipoplásicas lineares de esmalte dentário e linhas de Harris (indicadores inespecíficos de descontinuidade fisiológica), hiperostose porótica e cribra orbitália (indicadores de ferroprivação) e sinais de infecção. Também serão analisados os indivíduos adultos apenas quanto aos indicadores inespecíficos de descontinuidade fisiológica e aos indicadores de ferroprivação, e somente para episódios ocorridos durante a infância. Os resultados obtidos serão interpretados sob a ótica da interação entre estilo de vida, subsistência, condições de saúde e adaptabilidade dos grupos humanos. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PATRICIA FERNANDA FISCHER. Os moleques do morro e os moleques da praia: estresse e mortalidade em um sambaqui fluvial (Moraes, vale do Ribeira de Iguape, SP) e em um sambaqui litorâneo (Piaçaguera, Baixada Santista, SP).. 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Museu de Arqueologia e Etnologia São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.