Busca avançada
Ano de início
Entree

Consumo de energia na colheita, degradabilidade e digestibilidade da silagem de hibridos de milho.

Processo: 08/56802-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Pastagens e Forragicultura
Pesquisador responsável:Ciniro Costa
Beneficiário:Marco Aurélio Factori
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Ensilagem

Resumo

Na cultura do milho, o enchimento do grão e a perda de digestibilidade da fração volumosa são eventos concomitantes. A recomendação do momento ideal da colheita para ensilagem sempre sugeriu estádios fisiológicos mais avançados pelo maior acúmulo líquido de biomassa. No entanto, para híbridos de textura dura no estádio de maturação fisiológica, ocorre diminuição considerável da digestibilidade, especialmente do amido pela perda de grãos inteiros. Neste sentido, o processamento por meio do esmagamento do material antes da ensilagem, tem como objetivo quebrar a película dos grãos expondo o amido ao ataque microbiano e às enzimas digestivas. O efeito do processamento tem pouco efeito nos estádios de colheita, dentado inicial e metade da linha do leite, devido à maior porção leitosa do grão. O tamanho de partícula ideal para a ensilagem possibilita a acomodação do material no silo influenciando posteriormente os padrões de fermentação ruminal, produção microbiana e digestibilidade do amido e de outros nutrientes no rúmen. Portanto, é necessário o ajuste do tamanho de partícula correto para maior desempenho das colhedoras de forragem, pois é delas e de seus operadores que depende parte do sucesso da ensilagem. Para tanto, esse procedimento requer energia. A otimização do trator agrícola e seus implementos toma-se fundamental como um dos fatores importantes na redução dos custos de produção, aumentando a eficiência do uso de combustível e melhorando o rendimento do trabalho por unidade de área. Desta forma, o objetivo do presente estudo visa avaliar o consumo de energia na colheita e a digestibilidade in vitro da matéria seca (MS), proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN) e amido da silagem de híbridos de milho em função de duas texturas (dentada e dura), quatro estádios de colheita (1/2 leitoso, 1/4 leitoso, início de maturação fisiológica e maturação fisiológica), três tamanhos de partículas (0,5, 1,5 e 3,0 cm) e processamento da massa por meio do esmagamento, logo após a colheita. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FACTORI, Marco Aurélio. Demanda energética na colheita, degradabilidade e digestibilidade da silagem de híbridos de milho. 2011. 60 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia. Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.