Busca avançada
Ano de início
Entree

Analise dos procedimentos narrativos da ciropedia de xenofonte.

Processo: 08/56851-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literaturas Clássicas
Pesquisador responsável:Maria Celeste Consolin Dezotti
Beneficiário:Emerson Cerdas
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Historiografia   Língua grega

Resumo

A obra Ciropedia, de Xenofonte de Atenas (séc. IV a.C), é uma obra híbrida porque amálgama elementos históricos e ficcionais. Essa obra obteve uma variedade de classificações durante a História. Modernamente a crítica tem mais facilidade em reconhecê-la como um romance, podendo ser classificada de "romance histórico" quanto à matéria-prima trabalhada, ou de "romance pedagógico ou educacional" quanto à finalidade a que se propõe. Bakhtin, em Estética da Criação Verbal (2003), cita a Ciropedia como um proto-romance daquilo que viria a ser o "romance de educação", na era Moderna. Não nos parece, no entanto, que o histórico e o pedagógico sejam paralelos, mas sim que se intercomunicam na criação do sentido final da obra, e é justamente a partir dessas vias que tentaremos erigir nossas conclusões. A obra exerceu grande influência na literatura durante a Antigüidade e o Renascimento - tanto em escritores antigos, como Plutarco e Cícero, como até em Maquiavel e Edmund Spenser (Tatum, 1989). Embora tivesse sido muito popular durante esses períodos, Xenofonte parece ter caído num certo ostracismo literário. No entanto, acreditamos que sua obra merece um estudo aprofundado, pois conhecê-la pode-nos acrescentar um valioso material sobre as origens do romance. Este projeto tem por objetivo analisar e compreender a estrutura da Ciropedia de Xenofonte, no que concerne aos elementos que a caracterizam não como um escrito histórico, como se parece pressupor à primeira vista, mas, antes, como um escrito ficcional, que tomando um tema histórico, cria ao subvertê-lo uma prosa de ficção, um romance, como Cícero já reconhecia na Antigüidade, "exatamente o primeiro na história da Europa" (Due, 2003, p. 588). (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CERDAS, Emerson. A Ciropedia de Xenofonte : um romance de formação na Antiguidade. 195 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciencias e Letras (Campus de Araraquara). Araraquara.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.