Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliacao sucessional da estrutura, biomassa e composicao quimica da comunidade perifitica e sua inter-relacao com o fitoplancton sob influencia de entradas com contrastantes concentracoes de nutrientes..

Processo: 08/56172-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Carla Ferragut
Beneficiário:Murilo Borduqui
Instituição-sede: Instituto de Botânica. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Perifiton   Reservatórios   Sucessão   Fitoplâncton

Resumo

O presente estudo pretende avaliar em escala sucessional a estrutura, biomassa e composição química da comunidade perifitica e sua inter-relação com o fitoplâncton sob influencia de duas entradas com contrastantes concentrações de nutrientes no Lago das Garças, sendo uma com efluente de esgoto doméstico (entrada 7) e outra com entrada de água de nascente (entrada 5) no período seco e chuvoso. A amostragem no período chuvoso foi de 9 de fevereiro a 10 de março e na seca de 16 de julho a 15 de agosto de 2008, compreendendo um total de 30 dias. As coletas para a amostragem das variáveis químicas, físicas e biológicas foram realizadas a cada três dias na primeira quinzena e a cada cinco dias na segunda. Foram analisadas as seguintes variáveis abióticas: radiação subaquática, temperatura, condutividade elétrica, OD, alcalinidade, pH, formas de carbono inorgânico dissolvido, sílica solúvel reativa e toda série N e P. Os atributos do perifíton analisados serão massa seca, cinzas, MSLC, clorofila-a e composição química. Serão realizadas, também, análises qualitativas (em nível especifico) e quantitativas. A estrutura da comunidade de algas perifíticas será avaliada através da densidade algal, medidas de biomassa (biovolume e clorofila-a), riqueza de espécies, índices de diversidade, dominância e equitatividade. Insere-se em um projeto maior de longa duração intitulado "Tipologia, monitoramento e recuperação dos reservatórios do Parque Estadual das Fontes do Ipiranga - PEFI, São Paulo" e, contribuirá com informações sobre a influência da atual condição hipereutrófica sobre a dinâmica e estrutura da comunidade perifítica. Mais especificamente, pretende responder alguns questionamentos: i) o status nutricional foi acoplado ao incremento de biomassa em condição eutrófica; ii) a concentração de nutrientes no perifíton foi sensível à disponibilidade de nutrientes da água; iii) a estrutura específica da comunidade de algas perifítica responde sensivelmente as condições limnológicas das entradas; iv) a estrutura da comunidade de algas perifíticas e planctônicas respondem diferentemente à condição eutrófica do lago das Garças. (AU)