Busca avançada
Ano de início
Entree

Ciclones secundários na costa Sul e Sudeste do Brasil: climatologia e simulação numérica

Processo: 08/56796-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Rosmeri Porfírio da Rocha
Beneficiário:Clara Miho Narukawa Iwabe
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Climatologia dinâmica

Resumo

A passagem de ciclones extratropicais sobre o Atlântico Sul tem um impacto direto e significativo nas atividades humanas. Um tipo particular de ciclone foi observado na costa leste do Sul do Brasil caracterizado pela sua formação secundária, logo após a passagem de um ciclone principal. A previsibilidade de tais ciclones secundários é considerada um desafio, devido à dificuldade em identificar o sinal (ou sinais) prévio (s) que indiquem a sua formação. Portanto, há necessidade de conhecer e identificar os mecanismos físicos envolvidos nestas ciclogêneses secundárias através de uma avaliação climatológica (que busque identificar tais mecanismos) e de experimentos numéricos (que permitam isolar a importância relativa destes mecanismos). Desta forma, o presente projeto tem como objetivo elaborar um modelo conceituai de ciclogênese secundária na costa leste da América do Sul, buscando entender os processos dinâmicos de formação e manutenção destes sistemas. Adicionalmente, a elaboração da climatologia possibilitará conhecer a contribuição relativa destes sistemas para o tempo e clima na América do Sul. A primeira etapa do projeto consiste em obter uma climatologia e modelo conceitual de ciclones secundários, identificando e rastreando todos os ciclones secundários para o período entre 1990 e 2005. A segunda etapa irá avaliar o modelo conceituai através de experimentos numéricos utilizando um modelo de mesoescala, que avaliará a contribuição dos processos físicos de altos e baixos níveis para o desenvolvimento dos ciclones secundários. Este projeto está previsto para ser realizado num prazo de três anos e se divide em: climatologia de ciclones secundários, análise da climatologia e elaboração do modelo conceituai, simulação numérica, análise dos resultados da simulação numérica, e elaboração da tese. (AU)