Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação do perfil epigenético de genes relacionados à diferenciação neural murina em tipos celulares obtidos a partir de células tronco embrionárias diferenciadas in vitro e in vivo e de células de massa interna de embriões

Processo: 08/58370-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 03 de janeiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Joaquim Mansano Garcia
Beneficiário:Clara Slade Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Epigênese genética   Células-tronco embrionárias   Diferenciação neuronal

Resumo

A organização da cromatina das células eucarióticas, coordenada por modificações hipergenéticas, permite que apenas uma parte do DNA seja utilizada para expressão gênica em cada tecido, determinando um padrão especifico em cada tipo celular. No entanto, estudos demonstram que o cultivo celular in vitro pode alterar este padrão através de modificações hipergenéticas diferentes das que ocorrem no ambiente in vivo. A diferenciação neuronal a partir de células tronco embrionárias in vitro representa uma possibilidade para o tratamento de doenças neurodegenerativas através da terapia celular, porém avaliações das alterações destes neurônios produzidos in vitro são necessárias. No presente estudo, objetivamos estudar as modificações hipergenéticas em alguns dos mais importantes genes responsáveis pela diferenciação neural (Mashl, Sox3, Pax3, Pax6) e neuronal (Neurod, NEGR I, NEF3, Epha4), presentes em tipos celulares diferenciados in vitro e in vivo. Para tanto, células neurais em estádios de maturidade semelhantes terão seus padrões de acetilação e metilação de histonas H3 e H4, em algumas lisinas especificas sabidamente envolvidas na diferenciação neural, estudados e comparados, em grupos diferenciados in vitro a partir de células tronco embrionárias (CTE); in vivo a partir de CTE; a partir de células da massa celular interna de embriões controle. As células serão selecionadas através de citometria de fluxo, e o conteúdo de cromatina será separado e precipitado juntamente a anticorpos específicos (ChIP), e amplificado por PCR em tempo real. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
OLIVEIRA, CLARA SLADE; SARAIVA, NAIARA ZOCCAL; COELHO CRUZ, MARIA HELENA; MAZETI, BRUNA; OLIVEIRA, LETICIA ZOCCOLARO; LOPES, FLAVIA LOMBARDI; GARCIA, JOAQUIM MANSANO. HDAC inhibition decreases XIST expression on female IVP bovine blastocysts. Reproduction, v. 145, n. 1, p. 9-17, JAN 2013. Citações Web of Science: 13.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
OLIVEIRA, Clara Slade. Caracterização e funcionalidade das enzimas modificadoras de histona desacetilases (HDAC) e arginina peptidil deiminase 4 (PADI4) no desenvolvimento embrionário. 2012. 117 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.