Busca avançada
Ano de início
Entree

Evolução morfológica craniana em morcegos da Família Phyllostomidae Gray, 1825

Processo: 09/50378-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 31 de outubro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Quantitativa
Pesquisador responsável:Gabriel Henrique Marroig Zambonato
Beneficiário:Daniela Munhoz Rossoni
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

A evolução,de morfologias complexas, como o crânio dos mamíferos, nos quais vários caracteres interagem para construir um organismo funcionalmente e morfologicamente integrado, é um tema importante, com implicações em diversos campos da biologia evolutiva. O conceito de integração morfológica prediz que as estruturas estão ligadas no fenótipo e evoluem, pelo menos até certo ponto como uma unidade (denominadas atualmente de módulos). Estudos recentes mostraram que a evolução morfológica em primatas Neotropicais foi principalmente direcionada pela seleção natural, relacionada ao tamanho e que o percurso, a quantidade e o ritmo das mudanças morfológicas foram influenciadas pelas linhas de menor resistência evolutiva (LLER). O presente estudo visa investigar as relações entre integração morfológica, filogenia e dieta em uma escala macroevolutiva, considerando o grupo dos morcegos pertencentes à família Phyllostomidae. Trata-se de um clado endêmico do Novo Mundo e exibem uma diversidade morfológica e trófíca que não encontra precedentes dentre as demais famílias de mamíferos. A diversidade de habitais, hábitos de vida e histórias são refletidas em suas distintas morfologias, com mudanças no tamanho do corpo e em particular no crânio. Este projeto tem como objetivos específicos: 1) comparar as matrizes de variância/covariância (V/CV) e de correlação fenotípica P, entre os crânios de morcegos pertencentes à Família Phyllostomidae; 2) estudar o padrão e a magnitude de integração fenotípica e explorar como eles afetam a liberdade evolutiva no clado Phyllostomidae; 3) estudar o papel desempenhado pela história (filogenia) e ecologia (dieta) durante a evolução desse grupo. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROSSONI, DANIELA M.; ASSIS, ANA PAULA A.; GIANNINI, NORBERTO P.; MARROIG, GABRIEL. Intense natural selection preceded the invasion of new adaptive zones during the radiation of New World leaf-nosed bats. SCIENTIFIC REPORTS, v. 7, SEP 11 2017. Citações Web of Science: 8.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ROSSONI, Daniela Munhoz. Integração morfológica craniana em morcegos da família Phyllostomidae. 2013. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.