Busca avançada
Ano de início
Entree

Desempenho da inspeção visual-tátil e métodos baseados em fluorescência após a escavação da lesão de cárie para detectar lesões de cárie residual in vitro

Processo: 09/13536-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2010
Vigência (Término): 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontopediatria
Pesquisador responsável:Rita de Cássia Loiola Cordeiro
Beneficiário:Thalita Boldieri
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Cárie dentária

Resumo

O objetivo da pesquisa é avaliar o desempenho da inspeção visual tátil, e dos métodos de indução de fluorescência (Diagnodent, Diagnodent Pen, câmera de fluorescência Vista Proof e QLF) na detecção de lesões de cárie residual após a remoção de tecido cariado dentinário com baixa rotação, escavação manual e escavação com ultrassom utilizando a ponta CVD. Serão utilizados setenta e cinco terceiros molares humanos hígidos recém - extraídos. Serão excluídos da amostra aqueles que apresentem lesões de cárie, áreas hipoplásicas, restaurações, selantes ou manchas. Os dentes serão polidos com pedra pomes e lavados em água corrente. O esmalte oclusal será seccionado horizontalmente, expondo assim a dentina adjacente. A superfície dentinária será polida a fim de remover restos de esmalte remanescente e alisar a superfície. Os ápices radiculares serão preenchidos e todo o restante do dente recoberto por resina epóxi e verniz para unhas deixando uma janela de 4mm x 4 mm no centro da superfície dentinária para o desenvolvimento da lesão de cárie artificial. Será realizada a microdureza da superfície da dentina cariada no inicio e no fim do experimento, em 12 espécimes. Todos os espécimes serão avaliados considerando a totalidade da cavidade, com o método de inspeção visual-tátil onde será determinada a aparência de cor e a dureza da lesão,e com os métodos de indução de fluorescência: fluorescência a laser - DD; Ddpen, Câmera de fluorescência e QLF. Todos os valores obtidos serão anotados em fichas específicas para esse fim. Após a avaliação da lesão em todos os espécimes, estes serão aleatoriamente divididos em três grupos (n=25) de acordo com o método de remoção da lesão: Grupo I - n=25: Escavação com fresa de baixa rotação convencional (CA2 KG SORENSEN); Grupo II - n=25: escavação manual (Escavador SSW-Duflex #11 1/2); Grupo III - n=25: Escavação Ultrassonica (CVD #8.3231). A quantidade de tecido a ser removido será determinada de acordo com os parâmetros determinados pelos exames visual e tátil. Após a remoção do tecido cariado, o remanescente dentinário será avaliado quanto a presença da lesão de cárie com os mesmos métodos utilizados anteriormente. Posteriormente os espécimes serão seccionados e os sítios serão analisados em microscópio confocal. A profundidade da lesão de cárie será medida através da distância entre o assoalho da cavidade ao limite com a dentina sadia. Alguns exemplares de cada grupo serão analisados em microscópio eletrônico de varredura com finalidade ilustrativa. Após a obtenção de todos os dados, estes serão tabulados e a eles aplicados testes estatísticos de reprodutibilidade dos métodos nos exames iniciais e após a escavação.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
THALITA BOLDIERI; MICHELE BAFFI DINIZ; MARIANE EMI SANABE; JONAS ALMEIDA RODRIGUES; RITA DE CÁSSIA LOIOLA CORDEIRO. Desempenho de métodos baseados em indução de fluorescência na avaliação da remoção de dentina cariada. Rev. odontol. UNESP, v. 45, n. 1, p. 47-52, Fev. 2016.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BOLDIERI, Thalita. Avaliação do desempenho de métodos baseados em indexação de fluorescência na detecção de lesões de cárie residual. 2012. 98 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Odontologia (Campus de Araraquara). Araraquara.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.