Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de reparo de DNA e atividade antioxidante do extrato etanólico e substâncias isoladas de Casearia sylvestris

Processo: 08/58908-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 30 de novembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Mutagênese
Pesquisador responsável:Christiane Pienna Soares
Beneficiário:Aline Miranda de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Antioxidantes   Reparo do DNA   Casearia sylvestris

Resumo

A planta Casearia sylvestris possui amplo uso popular. Estudos prévios em nosso laboratório observaram que o extrato etanóico e substâncias puras de C sylvestris, apresentaram atividade antimutagênica. Portanto, para a continuidade do estudo, pretende-se verificar os possíveis mecanismos de reparo e/ou atividade antioxidante do extrato etanóico e de substâncias puras O sylvestris, avaliando: 1) Reparo por excisão de nucleotídeos (NER), utilizando células derivadas de xeroderma pigmentosum (XP) do tipo C (XPC), essas células serão irradiadas com UV germicida e, tratadas pré e pós irradiação com os compostos de C. sylvestris com e sem metabolização; 2) Reparo por excisão de bases (BER), um dos fatores estimulantes desse sistema de reparo são os danos oxidativos, portanto, células de hepatoma humano (HepG2), serão submetidas a dano oxidativo por etanol e por peróxido de hidrogênio. Essas células serão tratadas antes, durante e após a indução de dano oxidativo, e, posteriormente, a expressão da proteína ligada a BER, XRCC1 será avaliada através de Western Blot; 3) Atividade antioxidante, utilizaremos o mesmo tratamento de BER com a prova de DCFH-DA para verificar a presença de espécies reativas de oxigênio (ROS). O IC50 das duas linhagens frente aos compostos será avaliado através do método de MTT, em ao menos cinco concentrações diferentes e nos tempos de 24h e 48h. Para todas as avaliações serão utilizadas concentrações não citotóxicas. Depois de tratadas, as células serão avaliadas quanto à sobrevivência clonogênica, indução de apoptose (Hoechsdt e lodeto) e teste do cometa. Para análise estatística utilizaremos o método ANOVA um parâmetro, comparando os grupos teste com os controles. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PRIETO, ALINE M.; DOS SANTOS, ANDRE G.; OLIVEIRA, ANA PAULA S.; CAVALHEIRO, ALBERTO J.; SILVA, DULCE H. S.; BOLZANI, VANDERLAN S.; VARANDA, ELIANA AP.; SOARES, CHRISTIANE P. Assessment of the chemopreventive effect of casearin B, a clerodane diterpene extracted from Casearia sylvestris (Salicaceae). Food and Chemical Toxicology, v. 53, p. 153-159, MAR 2013. Citações Web of Science: 14.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.