Busca avançada
Ano de início
Entree

Eficiência do protololo superestimulatório P-36, associado a administração de ECG ou LH, em animais da raça Nelore

Processo: 08/55905-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Ciro Moraes Barros
Beneficiário:Ana Carolina dos Santos Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Inseminação artificial   Hormônio luteinizante   Eletrocardiografia   Gado Nelore

Resumo

O protocolo denominado P-36 tem sido utilizado com sucesso em programas de transferência de embriões de raças zebuínas, sobretudo a Nelore (Bos taurus indicus). Mais recentemente a associação de eCG no último dia do tratamento superestimulatório do protocolo P-36 forneceu resultados promissores na raça Nelore (Barcelos et al. 2007) No presente trabalho objetiva-se testar a substituição de eCG por LH a fim de evitar os possíveis efeitos deletérios da formação de anticorpos contra o eCG. Vinte e quatro vacas passarão por três dos quatros grupos (P36/LH48 controle, P36/eCG, P36/LH-1,5mg e P36/LH-3mg, totalizando 18 vacas por grupo. Será utilizado um delineamento experimental de blocos incompletos. Em dia aleatório do ciclo estral (DO), as doadoras receberão um dispositivo intravaginal contendo progesterona (1g, PRIMER) e benzoato de estradiol (3mg, Estrogino, IM) a fim de induzir o surgimento de uma nova onda de crescimento folicular. No grupo controle, os animais serão superestimulados com pFSH (Folltropin-V®, IM, dose total = 200mg) duas vezes ao dia em doses decrescentes do D5 ao D8, enquanto que no grupo P36/eCG as duas últimas doses de FSH serão substituídas por duas doses de eCG (totalizando 400UI, IM, Novormon). Nas vacas do grupo P36/LH-1,5mg e P36/LH-3mg, será administrado pLH (totalizando 1,5mg e 3mg via IM, Lutropin®,). Todas as vacas serão tratadas com d-cloprostenol (150mg, IM, Prolise) no dia 7, e o dispositivo intravaginal PRIMER será removido 36h após a administração da PGF2a. No dia 9, a ovulação será induzida em todos os grupos, com a administração de LH (Lutropin®, 12,5 mg, IM,) as 7:00h (P36/LH-1,5mg. Os animais serão inseminados artificialmente em tempo fixo (IATF), sem a observação de cio, 12 e 24 horas após a aplicação de LH no dia onze (D11). A coleta de embriões será realizada nos dias 16 e 17. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
OLIVEIRA, Ana Carolina dos Santos. Eficiência do protocolo superestimulatório P-36, associado à administração de eCG ou LH, em animais da raça Nelore. 2011. 76 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia. Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.