Busca avançada
Ano de início
Entree

A Trajetoria do Ambiente Juridico-Institucional do Setor de Software no Brasil e na India: identidades, diferencas e repercussoes.

Processo: 08/56029-9
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 31 de maio de 2010
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Direito - Direito Público
Pesquisador responsável:Michelle Ratton Sanchez Badin
Beneficiário:Joana Varon Ferraz
Instituição Sede: Escola de Direito de São Paulo (DIREITO GV). Fundação Getúlio Vargas (FGV). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Políticas públicas   Direito e desenvolvimento   Direito internacional   Direito econômico
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Direito E Desenvolvimento | Direito Economico | Direito Internacional | Direito Publico | Inovacoes | Politicas Publicas

Resumo

Porque a Índia aparece como um país protagonista no mercado internacional de software e o Brasil, que assim como a índia é considerado um país emergente figurando na lista dos BRICS, não tem tido destaque tão expressivo nesse setor? Existiram instrumentos de intervenção do Estado na Economia que foram utilizados naquele país? Quais? E no Brasil? O ambiente jurídico-institucional interno influencia na atuação desses países em fóruns de negociações internacionais? Este estudo parte da hipótese de que, entre outros fatores sócio-econômicos, o ambiente jurídico-institucional desses países pode ter definido impactos distintos no desenvolvimento do setor de software de cada um. Entende-se aqui como ambiente jurídico-institucional todas as regulamentações que estabelecem instituições, diretrizes e condições comuns para o desenvolvimento de determinado setor. Partindo deste pressuposto e, em consonância com a tendência a considerar a Tecnologia da Informação e Comunicação (TICs) como área estratégica para o desenvolvimento nacional, este projeto busca desenvolver um estudo sobre as transformações do ambiente jurídico-institucional para o setor de Software no Brasil, traçando um paralelo com a índia. Não é o objetivo tomar a índia como modelo ideal a ser seguido para o caso brasileiro. Ou ainda esgotar toda a questão sobre qual seria uma política pública ideal para o setor, o que extrapolaria uma análise jurídico-institucional. A meta do estudo é mapear as peculiaridades dos diferentes modelos de instrumentos de intervenção do Estado na Economia para o setor de software, visando trazer elementos dos ambientes jurídicos-institucionais que subsidiaram seu crescimento e repercutem nos processos internacionais de negociação para o setor. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)