Busca avançada
Ano de início
Entree

Analise diferencial da expressao genica e proteica no corpo luteo de bovinos submetidos a tratamentos com ecg.

Processo: 08/58839-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2009
Vigência (Término): 30 de setembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Paula de Carvalho Papa Keohane
Beneficiário:Luciana Alves de Fátima
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Corpo lúteo   Eletrocardiografia   DNA   Bovinos   Superovulação

Resumo

Biotecnias aplicadas à reprodução animal são empregadas com o intuito de melhorar qualitativa e quantitativamente os rebanhos. A superovulação assim como a estimulação do folículo dominante utilizando-se doses supra fisiológicas de ECG (gonadotrofina coriônica eqüina) vem sendo empregadas em bovinos e bufalinos, mas nem sempre alcançam os resultados esperados. Entretanto, existem relatos de alterações morfofuncionais presentes em corpos lúteos (CLL) de animais submetidos a estes tratamentos, o que implica, necessariamente, em levantamento de hipóteses relativas ao(s) mecanismo(s) pelo(s) qual(is) as gonadotrofinas exógenas alteram as funções celulares nos folículos e corpos lúteos resultantes. Com o intuito de melhor compreensão do papel exercido pelo ECG sobre a célula luteínica bovina, 18 vacas serão sincronizadas e submetidas (grupos tratados) ou não (grupo controle) ao tratamento com ECG. O tratamento será realizado previamente. {superovulação) ou posteriormente (estimulação do folículo dominante) ao desvio folicular. No dia 6 após a ovulação, estes animais serão abatidos e os CLL coletados para realização micro arranjos e validação dos mesmos. Paralelamente, folículos bovinos serão aspirados, previamente e posteriormente ao desvio folicular, e as células da granulosa serão cultivadas e submetidas aos mesmos tratamentos realizados no modelo in vivo. No modelo in vitro, testes de bloqueio da síntese, avaliação da estabilidade protéica e de mRNA bem como a análise de mecanismos relacionadas a regulação da transcrição gênica serão realizados. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FATIMA, LUCIANA A.; BARUSELLI, PIETRO S.; GIMENES, LINDSAY U.; BINELLI, MARIO; RENNO, FRANCISCO P.; MURPHY, BRUCE D.; PAPA, PAULA C. Global gene expression in the bovine corpus luteum is altered after stimulatory and superovulatory treatments. REPRODUCTION FERTILITY AND DEVELOPMENT, v. 25, n. 7, p. 998-1011, 2013. Citações Web of Science: 12.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FÁTIMA, Luciana Alves de. Análise diferencial da expressão gênica e proteica no corpo lúteo de bovinos submetidos a tratamentos com eCG. 2012. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.