Busca avançada
Ano de início
Entree

Reconhecimento de palavras, nomeacao de objetos e de palavras impressas em surdos implantados pre-linguais

Processo: 08/56904-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Experimental
Pesquisador responsável:Ana Claudia Moreira Almeida Verdu
Beneficiário:Marina Pavao Battaglini
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Implante da cóclea   Controle do estímulo

Resumo

O implante coclear permite às pessoas surdas detectar sons do ambiente, especialmente os de fala. Contudo, o repertório verbal requer aprendizagem. Uma das formas pelas quais o repertório verbal se expande é denominada de exclusão e consiste na rejeição de um ou mais estímulos definidos e na seleção de um estímulo novo não definido diante de um estímulo também indefinido. Considerando a exclusão como um processo importante na aquisição de vocabulário e a necessidade aplicada de conhecimento das condições sob as quais o repertório verbal de surdos implantados pré-linguais se expande, este estudo terá como objetivo verificar se a aquisição de relações condicionais entre palavra ditada e figura (AB) e entre figura e palavra impressa (BC) seria condição para a emergência das relações palavra ditada e palavra impressa (AC), e palavra impressa e figura (CB); também verificará os efeitos sobre a nomeação de figuras (BD), de palavras (CD) e do responder generalizado diante de palavras ditadas com as mesmas propriedades lingüísticas dos estímulos auditivos do ensino (voz feminina), mas com outra intensidade e freqüência de voz (voz masculina e de criança). Participarão quatro crianças pré-linguais, com implante de mesmo modelo. Serão expostas às rotinas de ensino e teste por um microcomputador. O repertório inicial será avaliado pelo pré-teste que selecionará os estímulos que irão compor as tarefas de ensino e teste subseqüentes. O procedimento de ensino da linha de base será o ensino por exclusão sem história extensa de exposição ao estímulo com função de S-. Após a aquisição da linha de base, serão conduzidos testes de transitividade AC e simetria CB, seguidos pelos testes de nomeação de figuras BD, de palavras CD e de generalização. Resultados positivos replicariam estudos com ouvintes que descrevem algumas das condições sob as quais o repertório verbal de crianças se expande. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARINA PAVÃO BATTAGLINI; ANA CLAUDIA MOREIRA ALMEIDA VERDU; MARIA CECÍLIA BEVILACQUA. Aprendizagem via exclusão e formação de classes de equivalência em crianças com deficiência auditiva e implante coclear. Acta comport., v. 21, n. 1, p. 20-35, 2013.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BATTAGLINI, Marina Pavao. Reconhecimento de palavras, nomeação de figuras e de palavras impressas em surdos implantados pré-linguais. 2010. 182 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências. Bauru.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.