Busca avançada
Ano de início
Entree

Variação e gramaticalização do complemento locativo do verbo IR de movimento

Processo: 09/50819-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2009
Vigência (Término): 31 de outubro de 2012
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Sociolinguística e Dialetologia
Pesquisador responsável:Sebastião Carlos Leite Gonçalves
Beneficiário:Marcos Luiz Wiedemer
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Gramaticalização   Variação   Preposição

Resumo

Este projeto decorre de outro de maior dimensão, o projeto ALIP (Amostra Lingüística do Interior Paulista), que, desenvolvido sob auspícios da FAPESP (Proc. 03/08058-6), vem tendo como desdobramento estudos de caracterização do português riopretano. Partindo da premissa funcionalista de que a linguagem é atividade sociocultural e sua estrutura é motivada por fatores diversos, investigo fenômeno de variação/mudança na interface com a gramaticalização, mais especificamente, os usos sincrônicos e diacrônicos de complementos locativos do verbo "ir" (movimento), sob a consideração de que deslizamentos funcionais de estruturas permitem apreender rotas de gramaticalização. Embasam, portanto, a investigação postulados da Sociolingüística (WEIREINCH, LABOV E HERZOG, 1968; LABOV, 1972, 1978, 1994) e do Funcionalismo norte-americano (GIVÓN, 1995, 2001; HOPPER, 1991; HOPPER & TRAUGOTT, 1993). Procurando conjugar presente e passado na busca de relações dinâmicas e fluidas entre forma e função, utilizo dois tipos de amostra lingüística: uma sincrônica, com amostras de fala do Projeto ALIP, e outra, diacrônica, com textos escritos do século XIII ao XX, o que permitirá mapear aclives de mudança por que passam preposições de complementos locativos de "ir". A busca da atuação de fatores (extra)lingüísticos sobre o fenômeno investigado mostra que a relevância desse estudo reside em dois pontos: (i) na investigação da variação/mudança na interface com a gramaticalização; (ii) na obtenção de um quadro de usos dos complementos locativos do verbo "ir" na história do português. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
WIEDEMER, Marcos Luiz. Variação e gramaticalização no uso de preposições em contextos de verbos de movimento no português brasileiro. 2013. 248 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociencias, Letras e Ciencias Exatas..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.