Busca avançada
Ano de início
Entree

Indução eletromagnética terrestre sob a Bacia do Paraná

Processo: 09/13054-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geofísica
Pesquisador responsável:Icaro Vitorello
Beneficiário:Cassio Espindola Antunes
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/50493-8 - Modelos da crosta e litosfera sob as bacias do Paraná e Chaco-Paraná integrando gradiometria gravimétrica por satélite, gravimetria terrestre e sondagens magnéticas e eletromagnéticas, AP.TEM
Assunto(s):Geomagnetismo   Bacia do Paraná

Resumo

Esta tese de mestrado visa definir as características geoelétricas do substrato abaixo da Bacia do Paraná, utilizando o método de sondagens geomagnéticas profundas com magnetômetros triaxiais do tipo fluxgate. Os magnetômetros irão ser instalados em pelo menos 60 estações, formando um conjunto de sondagens com espaçamento de 50-80 km, em complementação a dados similares já existentes, em diferentes partes da região de estudo. Desta forma, serão obtidas novas e relevantes informações geofísicas sobre a distribuição da condutividade elétrica na litosfera sob a Bacia do Paraná. Devido às características do fenômeno de indução eletromagnética, que permitem sondar diferentes profundidades em função do período do sinal natural amostrado e da condutividade elétrica do meio rochoso, este estudo irá fornecer um reconhecimento regional tanto das principais feições geoelétricas da bacia (períodos mais curtos) como das principais descontinuidades resistivas em grandes profundidades (períodos mais longos). Portanto, será mapeado a distribuição de condutividade elétrica, em diferentes profundidades da litosfera na região sul-sudeste do Brasil, trabalho que normalmente é dificultado pelo recobrimento da espessa bacia sedimentar sobrejacente, que constitui um meio elétrico moderadamente condutor. Tendo em vista que os silicatos, minerais predominantes na crosta, são bastante resistivos, o método é bastante sensível à presença de anomalias condutoras na crosta, geralmente associadas à concentração de fluidos mineralizados (condução eletrolítica) ou de minerais altamente condutores (especialmente grafita, por condução eletrônica). Portanto, em profundidades típicas da crosta, a condução elétrica deve-se à existência de condições apropriadas de interconexão entre minúsculos componentes das rochas do manto que contenham minerais condutores (grafita, sulfetos) e fluidos salinos. Os princípios básicos do método fundamentam-se em que o fenômeno de indução eletromagnética no interior da Terra resulta da produção de dois sistemas de correntes globais: a primeira delas fluindo nas camadas condutoras próximas à superfície e a segunda no manto condutor. Inomogeneidades na distribuição de condutividades causam distorções nesse sistema de correntes telúricas, gerando anomalias magnéticas. Como esta tese está vinculada a um Projeto Temático da FAPESP que contempla construir modelos da litosfera sob as bacias do Paraná e Chaco-Paraná integrando gradiometria gravimétrica por satélite, gravimetria terrestre e sondagens geomagnéticas e eletromagnéticas, os seus resultados, irão servir como vínculos cruciais tanto para a definição dos processos de origem e evolução da sedimentação nestas bacias, como das assinaturas deixadas por esses processos na litosfera. As atividades do aluno serão voltadas à calibração dos magnetômetros a serem utilizados, testes de qualidade dos dados adquiridos, implantação de algoritmos de processamento, determinação dos chamados vetores de indução ("induction arrows"), modelagem direta, análise, integração e interpretação dos dados. Toda a instrumentação necessária para as atividades de aquisição dos dados no campo e seu posterior processamento e armazenamento é disponível no grupo de Geomagnetismo e Indução Eletromagnética do INPE, onde será conduzido o estudo.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PADILHA, ANTONIO L.; VITORELLO, ICARO; ANTUNES, CASSIO E.; PADUA, MARCELO B. Imaging three-dimensional crustal conductivity structures reflecting continental flood basalt effects hidden beneath thick intracratonic sedimentary basin. JOURNAL OF GEOPHYSICAL RESEARCH-SOLID EARTH, v. 120, n. 7, p. 4702-4719, JUL 2015. Citações Web of Science: 13.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.