Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da riboflavina sobre as vias de sobrevivência e morte de queratinócitos: implicações na terapêutica dermatológica

Processo: 06/07315-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Pesquisador responsável:Giselle Zenker Justo
Beneficiário:Rodrigo Augusto da Silva
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Riboflavina   Citotoxicidade   Proteínas quinases   Morte celular   Queratinócitos   Transdução de sinais

Resumo

A pele constitui a principal interface entre o ambiente e o organismo, sendo considerada uma barreira efetiva contra vários agentes estressores ambientais e endógenos, potencialmente nocivos às células da epiderme. Em resposta ao estresse, os queratinócitos, principais componentes da epiderme, ativam vias de sinalização que podem levar à apoptose ou sobrevivência celular. O balanço entre essas vias determina o destino celular. Assim, considerável atenção vem sendo dada para elucidar os componentes das vias de transdução de sinal envolvidos nesta resposta. Este esforço baseia-se principalmente na convicção de que a compreensão de como as células normais respondem ao estímulo extracelular certamente auxilia a decifrar os problemas envolvidos em inúmeras patologias, além de contribuir no desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas. Nos últimos anos, estudos têm demonstrado diferentes atividades biológicas para a riboflavina e seus fotoprodutos, como antitumoral, anti-inflamatória, indutora de diferenciação e moduladora do estado redox, as quais, em conjunto com sua ação fotossensibilizante, apontam esta vitamina como sendo promissora para a prevenção e tratamento de doenças dermatológicas. Além disso, mecanismos dependentes da modulação de proteínas quinases e fosfatases estão envolvidos na indução de apoptose e diferenciação celular pela riboflavina irradiada. Diante destes fatos, este projeto tem como objetivo investigar os efeitos da riboflavina e de seus fotoprodutos sobre as vias de sinalização que determinam o balanço entre sobrevivência e morte de queratinócitos humanos (linhagem não tumorigênica HaCaT) expostos a diferentes tipos de estresse: choque hiperosmótico, que pode resultar da desidratação, representando um insulto ambiental e estresse oxidativo, o qual pode ser desencadeado in vivo por fatores externos e endógenos como, por exemplo, radiação UV e inflamação. Com este objetivo, as seguintes estratégias serão utilizadas: 1) avaliar a indução de apoptose através de marcadores clássicos como caspases, Bcl-2, Bax e PARP; 2) mapear proteínas quinases e fatores de transcrição envolvidos no processo utilizando-se RT-PCR, gel shift, western blotting e PepChip; 3) avaliar a expressão e atividade de metaloproteinases. Desta forma, a presente solicitação permitirá estender os conhecimentos acerca do potencial terapêutico da riboflavina também na área dermatológica, além de contribuir na compreensão da coreografia de proteínas envolvidas na regulação de eventos bioquímicos complexos e ainda pouco elucidados da pele, abrindo novas perspectivas de aplicações e avanços com caráter inter- e multidisciplinar também na área de cosméticos e no estudo da patogênese de doenças de pele. A presente proposta está vinculada à Rede Nanocosméticos: do Conceito às Aplicações Tecnológicas; (CNPq/MCT; Processo: 555163/05-09). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SILVA, RODRIGO A.; PALLADINO, MARCELLY V.; CAVALHEIRO, RENAN P.; MACHADO, DAISY; CRUZ, BREAD L. G.; PAREDES-GAMERO, EDGAR J.; GOMES-MARCONDES, MARIA C. C.; ZAMBUZZI, WILLIAN F.; VASQUES, LUCIANA; NADER, HELENA B.; SOUZA, ANA CAROLINA S.; JUSTO, GISELLE Z. Activation of the Low Molecular Weight Protein Tyrosine Phosphatase in Keratinocytes Exposed to Hyperosmotic Stress. PLoS One, v. 10, n. 3 MAR 17 2015. Citações Web of Science: 1.
QUEIROZ, ALEXANDRE F. S.; SILVA, RODRIGO A.; MOURA, RANIERE M.; DREYFUSS, JULIANA L.; PAREDES-GAMERO, EDGAR J.; SOUZA, ANA C. S.; TERSARIOL, IVARNE L. S.; SANTOS, ELIZEU A.; NADER, HELENA B.; JUSTO, GISELLE Z.; DE SALES, MAURICIO P. Growth inhibitory activity of a novel lectin from Cliona varians against K562 human erythroleukemia cells. Cancer Chemotherapy and Pharmacology, v. 63, n. 6, p. 1023-1033, MAY 2009. Citações Web of Science: 29.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, Rodrigo Augusto da. Vias de sobrevivência e morte em queratinócitos submetidos ao estresse oxidativo e choque hiperosmótico. 2011. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.