Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de vespas galhadoras (Hymenoptera: Chalcidoidea) na duração da receptividade floral de Ficus citrifolia (Moraceae)

Processo: 07/01316-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia
Pesquisador responsável:Rodrigo Augusto Santinelo Pereira
Beneficiário:Pamela Costa Adorno da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/10299-4 - Efeitos da fragmentação florestal no funcionamento das populações de figueiras e no mutualismo ficus-vespas de figo, AP.BTA.JP
Assunto(s):Moraceae   Interação planta-inseto   Polinização   Ficus

Resumo

O sucesso reprodutivo das figueiras, e a conseqüente manutenção do mutualismo Ficus - vespas de figo, depende do sucesso na polinização das flores femininas (produção de frutos) e do desenvolvimento de vespas polinizadoras em alguns ovários galhados (produção de vespas vetoras de pólen). No entanto, o período de receptividade das flores femininas para a polinização e oviposição pelas vespas polinizadoras de Ficus é curta, em relação à duração total do desenvolvimento do figo. A pequena janela temporal de receptividade pode ser um fator limitante na estabilidade do mutualismo, uma vez que o sucesso reprodutivo da planta será nulo se os figos não forem visitados por vespas polinizadoras durante o período de receptividade. Neste contexto, o presente projeto tem como objetivo avaliar a duração da receptividade das flores femininas na ausência das vespas polinizadoras (Pegoscapus tonduzi) e o efeito de vespas galhadoras (Idarnes grupo flavicollis) na duração da receptividade floral dos figos de Ficus citrifolia. O trabalho será realizado no campus da USP - Ribeirão Preto (21°10S; 47°48W) por meio de experimentos desenvolvidos em campo. Os experimentos consistirão em impedir o acesso natural das vespas polinizadoras e avaliar a duração da receptividade floral em figos colonizados e não colonizados por vespas galhadoras. As variáveis a serem analisadas serão: (1) atratividade do figo às vespas polinizadoras, (2) receptividade do estigma e (3) sucesso da visitação (produção de frutos e prole de vespas polinizadoras.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)