Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do potencial antigenotóxico da Baccharis dracunculifolia em células V79 e Ratos Wistar pelo teste do cometa e antimutagênico usando o Teste de Ames

Processo: 07/06061-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Mutagênese
Pesquisador responsável:Denise Crispim Tavares Barbosa
Beneficiário:Carla Carolina Munari
Instituição-sede: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Assunto(s):Baccharis dracunculifolia   Ensaio cometa   Teste de Ames

Resumo

A Baccharis dracunculifolia D. C. pertencente à família Asteraceae, mais conhecida como alecrim do campo ou vassourinha, é um arbusto que cresce no cerrado Brasileiro, usado na medicina popular como um antiinflamatório e no tratamento de doenças gastrointestinais. A B. dracunculifolia é a mais importante origem botânica da própolis Brasileira, chamada própolis verde, devido sua coloração. Nos países asiáticos a própolis verde é conhecida por suas propriedades hepatoprotetora e antitumoral, além de acentuada atividade anticariogênica. Uma vez que a produção de radicais livres e conseqüente indução de mutações cromossômicas estão envolvidas no processo de carcinogênese, e considerando-se que os efeitos terapêuticos da própolis podem ser atribuídos em parte à sua atividade antioxidante, tornar-se relevante estudar a influência da B. dracunculifolia sobre os danos no DNA em células de mamíferos in vivo e in vitro pelo teste do cometa, assim como o potencial mutagênico e/ou antimutagênico por meio do teste de Ames. Nos experimentos in vivo serão analisadas as freqüências de danos no DNA em sangue periférico de ratos Wistar. Para os ensaios in vitro serão utilizadas células de pulmão de hamster Chinês (V79), a fim de se avaliar a freqüência de danos no DNA. O teste de Ames será feito com linhagens de Salmonella typhimurium. Considerando-se o uso potencial da B. dracunculifolia como fitoterápico, estes estudos devem contribuir para o melhor entendimento de sua ação no organismo humano, podendo ser usado de maneira mais segura.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MUNARI, CARLA C.; FURTADO, RICARDO A.; SANTIAGO, MIRIAN L.; MANHAS, SIMONY S.; BASTOS, JAIRO K.; TAVARES, DENISE C. Inhibitory effects of Baccharis dracunculifolia on 1,2-dimethylhidrazine-induced genotoxicity and preneoplastic lesions in rat colon. European Journal of Cancer Prevention, v. 23, n. 4, p. 240-245, JUL 2014. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.