Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelagem e simulação de uma planta de destilação reativa para a produção de biodiesel

Processo: 07/06851-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Pesquisador responsável:Maria Regina Wolf Maciel
Beneficiário:Carlos Mario García Santander
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química (FEQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Biodiesel   Destilação   Eficiência

Resumo

O biodiesel é definido pela American Society for Testing Materials (ASTM) como um combustível líquido sintético, originário de matéria prima renovável e constituído por mistura de ésteres alquílicos de ácidos graxos de cadeias longas, derivados de óleos vegetais ou gorduras animais. O freqüente aumento do preço do petróleo e a possibilidade de esgotamentos dos combustíveis fósseis vêm motivando inúmeros pesquisadores pela busca de combustível alternativo. Nesse sentido, esse trabalho visa a modelagem e a simulação de uma planta contínua de produção de biodiesel utilizando destilação reativa e posterior validação com dados experimentais a serem obtidos em planta piloto do Laboratório de Desenvolvimento de Processos de Separação, onde esse trabalho será realizado. Será utilizado o simulador comercial Aspen Plus na modelagem do sistema. O objetivo final é obter condições de operação que levem a altos desempenhos operacionais na conversão em éster (produção de biodiesel). (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SANTANDER, Carlos Mario García. Modelagem e simulação de uma planta de destilação reativa para a produção de biodiesel. 2010. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Engenharia Química.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.