Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo fitoquímico biomonitorado de Picramnia bahiensis e Thyrsodium schomburgkianum: obtenção de inseticida, fungicida contra formigas cortadeiras e seu fungo simbionte e microencapsulação de compostos ativos

Processo: 07/07196-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de maio de 2008
Vigência (Término): 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:João Batista Fernandes
Beneficiário:Rodrigo Ossamu Saga Kitamura
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/58043-3 - Controle de formigas cortadeiras, estudos integrados, AP.TEM
Assunto(s):Química de produtos naturais   Fitoquímica   Inseticidas   Fungicidas   Formigas cortadeiras   Fungos   Microencapsulação

Resumo

As formigas cortadeiras dos gêneros Atta e Acromyrmex são consideradas entre as mais importantes pragas na Agricultura, pastos e programas de reflorestamento, devido ao desfolhamento a que as plantas são submetidas. Os fatores como abundância de recursos naturais como fonte de alimentos, escassez de inimigos naturais e competições entre outras espécies, promovem o ataque e, consequentemente, danos à plantação, gerando sérios prejuízos econômicos, já que a densidade dos ninhos de formigas cortadeiras pode aumentar de 5 a 10 vezes em relação a um ambiente de equilíbrio ecológico. A ordem Sapindales é composta pelas famílias Staphyceaceae, Melianthaceae, Bretschneideraceae, Akaniceae, Sapindaceae, Hippocastanaceae, Aceraceae, Burseraceae, Anacardiaceae, Julianiceae, e Zygophyllaceae. Dentro destas famílias, diversos compostos com atividade inseticida, fungicida e inibidores de enzimas têm sido obtidos. O presente projeto tem como objetivo principal obter: produtos naturais inseticidas e/ou fungitóxicos e metodologias de aplicação dos mesmos para controlar Atta sexdens rubropilosa. De um modo específico pretende-se: a) realizar o estudo fitoquímico biomonitorado das plantas Picramnia bahiensis e Thyrsodium schomburgkianum visando o isolamento de novos compostos com atividade inseticida e/ou fungitóxica e/ou inibidores de pectinase; b) isolar e caracterizar os compostos das plantas a serem estudadas que não apresentarem atividades supracitadas, contribuindo com informações sobre a quimiossistemática dos gêneros estudados, por estes serem pouco conhecidos sobre o ponto de vista químico; e c) a partir do(s) composto(s) ativo(s), formular um inseticida através da técnica de microencapsulamento e comparando com padrões de iscas tradicionais existentes no mercado. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ADRIANA F. L. VILELA; BÁRBARA M. FRUGERI; ANDRÉ L. F. SARRIA; RODRIGO O. S. KITAMURA; JOÃO B. FERNANDES; MARIA F. G. F. SILVA; QUEZIA B. CASS; CARMEN L. CARDOSO. Aminonaphthoquinone Mannich Bases Derived from Lawsone and Their Copper( II) Complex Derivatives: Synthesis and Potential Cholinesterase Inhibitors as Identified by On-flow Assay. Journal of the Brazilian Chemical Society, v. 27, n. 3, p. 534-545, Mar. 2016. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.