Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel do diferentes domínios de metaloproteases de venenos botrópicos nas alterações da interação leucócito-endotélio da microcirculação do músculo cremaster de camundongos: ação de inibidores de proteases

Processo: 08/00108-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2008
Vigência (Término): 31 de maio de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Toxicologia
Pesquisador responsável:Luis Roberto de Camargo Gonçalves
Beneficiário:Bianca Cestari Zychar
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Bothrops jararaca   Inflamação   Microcirculação

Resumo

O veneno de serpentes Bothrops jararaca causa reações inflamatórias exuberantes em mamíferos, porém essas serpentes são resistentes ao seu próprio veneno e possuem em seu plasma uma grande quantidade de inibidores de proteases. Um desses inibidores, o BjHK (Bothrops jararaca high molecular weight kininogen) inibe metaloproteases do veneno de B. jararaca, principais responsáveis pela resposta inflamatória induzida por esse veneno em mamíferos. O objetivo desse projeto é verificar o efeito dessa proteína no desenvolvimento das alterações da interação leucócito-endotélio induzidas por uma metaloprotease isolada do veneno de B. jararaca na microcirculação do músculo cremaster de camundongos.