Busca avançada
Ano de início
Entree

Imobilização de enzimas em plataformas (Sub)Microestruturadas para aplicação em biossensores

Processo: 08/01138-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2008
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Valtencir Zucolotto
Beneficiário:Edson Giuliani Ramos Fernandes
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Técnicas biossensoriais   Filmes automontados   Nanotecnologia   Micro-organismos

Resumo

Pesquisas na área de imobilização de proteínas e outras biomoléculas têm despertado grande interesse nos últimos anos, devido, entre outros motivos, à possibilidade de manipulação em escala nanométrica de materiais biológicos para aplicação em vários tipos de dispositivos tecnológicos. Dentre as várias ferramentas nanotecnológicas que têm sido aplicadas à imobilização de biomoléculas, destaca-se a técnica de automontagem, a partir da qual vários materiais podem ser imobilizados em filmes ultrafinos multicamadas de maneira eficiente e com baixo custo. O processo de imobilização ocorre em ambiente favorável à molécula biológica, em solução aquosa, com pH e força iônica controlados, evitando desnaturação e preservando a atividade. Esta técnica tem sido especialmente utilizada na imobilização de biomoléculas em substratos sólidos para aplicação em sensores e biossensores. O objetivo deste trabalho é a preparação, caracterização e desenvolvimento de sensores contendo enzimas imobilizadas para detecção de analitos específicos e/ou atividade bacteriana em meios diversos. O sensor consistirá de um filme enzimático depositado sobre diferentes plataformas, como substratos de vidro recoberto com óxido de estanho e índio (ITO) ou ouro, ou ainda eletrodos interdigitados e arquiteturas do tipo FET (do inglês, Field Effect Transistors). Após a imobilização das biomoléculas, serão utilizadas medidas elétricas em corrente alternada (AC), ou eletroquímicas, como técnicas de detecção, de forma a se obter um padrão de resposta elétrica característico do analito em estudo.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
Imobilização de enzimas em plataformas (sub)microestruturadas para aplicação em biossensores. 2012. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Física de São Carlos São Carlos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.

Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

BIOSSENSOR, SEU USO E MÉTODO PARA DETECÇÃO DE ÍONS CÁLCIO PI1102880-7 - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) ; Universidade de São Paulo (USP) . Valtencir Zucolotto; Ana Paula Ulian de Araujo; Edson Giuliani Ramos Fernandes; Nirton Cristi Silva Vieira; Assuero Faria Garcia; Francisco Eduardo Gontijo Guimarães - 29 de junho de 2011