Busca avançada
Ano de início
Entree

AVALIAÇÃO IMUNOISTOQUÍMICA E GENÔMICA DE RECEPTORES ENDOMETRIAIS DE ESTRÓGENO (± e ²), DE PROGESTERONA (isoformas A e B) E DE OCITOCINA DE VACAS NELORE (Bos taurus indicus) EM ANESTRO INDUZIDO E EM CICLO CURTO

Processo: 08/00906-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:João Carlos Pinheiro Ferreira
Beneficiário:Wolff Camargo Marques Filho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Anestro   Reação em cadeia por polimerase (PCR)   Gado Nelore

Resumo

AVALIAÇÃO IMUNOISTOQUÍMICA E GENÔMICA DE RECEPTORES ENDOMETRIAIS DE ESTRÓGENO (a e b), DE PROGESTERONA (isoformas A e B) E DE OCITOCINA DE VACAS NELORE (Bos taurus indicus) EM ANESTRO INDUZIDO E EM CICLO CURTOWolff Camargo Marques Filho; João Carlos Pinheiro FerreiraInúmeros estudos realizados a cerca da fertilidade no anestro pós-parto e no ciclo curto mostram a importância do assunto para a sociedade científica e para a produção mundial pecuária, buscando solucionar os baixos índices reprodutivos do rebanho brasileiro. Estes estudos pretendem compreender a fisiologia, a endocrinologia e a expressão de receptores de progesterona, estrógeno e ocitocina em vacas. Desta forma hipotetizou-se uma regulação autócrina e parácrina dos hormônios esteróides no endométrio. Este trabalho tem como objetivo estudar as dinâmicas endócrina, de desenvolvimento folicular e de expressão gênica e protéica dos receptores endometriais de estrógeno (RE) ± e ², de progesterona (RP) (isoformas A e B) e de ocitocina (ROT) de vacas Nelore (Bos taurus indicus) submetidas a um protocolo de indução de anestro com implantes de Deslorelina (Agonista de GnRH), durante o anestro induzido pela Deslorelina e o primeiro ciclo estral pós-anestro induzido (ciclo curto). Para tanto, serão sincronizados o estro de 15 vacas Nelore com ciclos estrais regulares, e posterior indução do anestro pela inserção do bioimplante de Deslorelina, e coletado fragmentos endometriais dos animais monitorados diariamente por ultra-sonografia ao longo do anestro induzido e do primeiro ciclo estral pós-anestro induzido (ciclo curto). Estas biopsias serão destinadas à realização de imunoistoquímica e do RT-PCR. Serão colhetadas amostras de sangue diárias por punção dos vasos coccígeos durante todo o período experimental para dosagem plasmática de estradiol e progesterona. Para todas as variáveis estudadas serão calculados a média e os desvios padrão como medidas, respectivamente, da tendência central e variabilidade dos dados. Para análise das variáveis será empregado o procedimento MIXED do SAS, com os efeitos relacionados aos dias considerados como medidas repetidas no tempo. A comparação de médias será realizada através de análise de variância. Para todas as análises será adotado o nível de significância de 95% (d 0,05).Palavras-chaves: fisiologia da reprodução, imunoistoquímica, Nelore, PCR, receptor endometrial.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.