Busca avançada
Ano de início
Entree

Água e carboidratos: aspectos macroscópicos e moleculares de suas interações

Processo: 08/00908-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2008
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Edvaldo Sabadini
Beneficiário:Marcus Vinícius Cangussu Cardoso
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil

Resumo

Soluções aquosas de carboidratos constituem sistemas de enorme importância nos seus termos mais gerais, desde aplicações industriais até nos mecanismos interacionais dos processos celulares mais avançados. Soluções aquosas de mono, di e oligossacarídeos foram estudas nos níveis macroscópico e molecular, empregando-se enfoques termodinâmicos e espectroscópicos. O efeito da intensidade da ligação de hidrogênio sobre a solubilidade de uma série de mono, di, e oligossacarídeos (lineares e cíclicos) mostrou-se fortemente dependente da solubilidade do carboidrato em H2O. Quanto menos solúvel for o carboidrato, maior será o efeito da substituição isotópica H2O por D2O. Este efeito sugere que carboidratos menos solúveis perturbam mais fortemente a estrutura da água. Devido ao efeito cooperativo da transição coil-helix da k-carrageenan, o efeito isotópico é bastante pronunciado na gelificação da k-carrageenan. Segundo um aspecto molecular, as taxas de troca protônicas, kb, entre os prótons da água es os grupos OH dos carboidratos para soluções saturadas de carboidratos dependem da natureza do açúcar, sendo maior para açúcar linear, seguida pela forma piranosídea e por último para a forma furanosídea. As transferências de magnetização entre as populações de prótons da água e os grupos CH-carboidratos são intermediadas pelas trocas protônicas com os grupos OH. Neste processo, os movimentos moleculares e as reações de transferência de prótons modulam as transferências de magnetização. Estudos de relaxação 1H mostraram-se ricos para o estudo de processos moleculares de agregação micelar dos n-alquil-glicosídeos sendo possível demonstrar experiemntalmente que a agregação leva à indisponibilização das hidroxilas em interagir com as moléculas de água.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CARDOSO, MARCUS V. C.; SABADINI, EDVALDO. Before and Beyond the Micellization of n-Alkyl Glycosides. A Water-H-1 NMR Relaxation Study. Langmuir, v. 29, n. 51, p. 15778-15786, DEC 24 2013. Citações Web of Science: 8.
CARDOSO, MARCUS V. C.; CARVALHO, LARISSA V. C.; SABADINI, EDVALDO. Solubility of carbohydrates in heavy water. Carbohydrate Research, v. 353, p. 57-61, MAY 15 2012. Citações Web of Science: 24.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CARDOSO, Marcus Vinícius Cangussu. Água e carboidratos : aspectos macroscópicos e moleculares de suas interações. 2012. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Química.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.