Busca avançada
Ano de início
Entree

Economia, cultura e normatividade: o debate de Nancy Fraser e Axel Honneth em torno da teoria social

Processo: 08/02057-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - Ética
Pesquisador responsável:Ricardo Ribeiro Terra
Beneficiário:Nathalie de Almeida Bressiani
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/11860-9 - Moral, política e direito: modelos de teoria crítica, AP.TEM
Assunto(s):Economia   Cultura (sociologia)   Reconhecimento   Conflito social

Resumo

Essa pesquisa tem como objetivo o estudo dos modelos de Teoria Crítica apresentados por Nancy Fraser e Axel Honneth, procurando explicitar, neles, a relação que se estabelece entre movimentos sociais e formas sistêmicas de integração, com vistas a entender a questão da influência de normas sociais no processo de reprodução material da sociedade que possui, em cada um dos autores, um estatuto bastante distinto. Enquanto Honneth recorre a uma teoria do reconhecimento, segundo a qual o desenvolvimento das práticas sociais e das instituições é visto como o resultado de processos de comunicação nos quais os conflitos sociais possuem uma função sempre ativa, Fraser desenvolve um modelo teórico dual, de acordo com o qual a desigualdade econômica tem pelo menos parte de suas origens em mecanismos sistêmicos, que possuem uma dimensão relativamente autônoma e, portanto, independente de normas e conflitos sociais. A compreensão sustentada pelos autores sobre as formas sistêmicas de integração atribui, então, aos movimentos sociais um diferente estatuto. Isso porque, embora ambos vinculem os conflitos sociais a normas sociais, somente Honneth busca atrelar o próprio funcionamento da economia aos desenvolvimentos desses mesmos conflitos. Dando continuidade à pesquisa desenvolvida no decorrer de nossa iniciação científica, procuraremos, então, com o intuito de pensar a relação entre integração sistêmica e normatividade, analisar, no trabalho desses dois autores, qual é o papel desempenhado pelos conflitos sociais no funcionamento da economia e, consequentemente, no processo de reprodução material. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BRESSIANI, Nathalie de Almeida. Economia, cultura e normatividade. O debate de Nancy Fraser e Axel Honneth sobre redistribuição e reconhecimento.. 2010. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.