Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de genes com alta taxa evolutiva em tecidos reprodutivos femininos de moscas-das-frutas Anastrepha obliqua

Processo: 08/02527-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Reinaldo Otávio Alvarenga Alves de Brito
Beneficiário:Vanessa Regina Gonçalves
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Evolução molecular   Seleção sexual   Biblioteca gênica   Etiquetas de sequências expressas   Tephritidae   Mosca-das-frutas

Resumo

O gênero Anastrepha é o maior dentro da família Tephritidae (Trypetinae, Toxotrypanini). Algumas espécies deste grupo, dentre elas A. obliqua e A. fraterculus, possuem grande importância econômica, embora os estudos nestas espécies sejam ainda escassos. A possibilidade de cruzamentos entre A. fraterculus e A. obliqua e a obtenção de híbridos em laboratório demonstra que possivelmente o processo de diferenciação destas espécies seja recente, facilitando o estudo do processo de especiação nestas espécies. A construção de bibliotecas genômicas é importante no estabelecimento de marcadores genéticos em organismos não-modelos como Anastrepha, que podem ser usados tanto para a identificação de novos genes nesta espécie, como também para o estabelecimento de mapas de ligação para as espécies em estudo. Têm sido crescentes os estudos em evolução com genes relacionados a caracteres sexuais e reprodução, particularmente em genes expressos em machos mas menos estudos realizados em fêmeas. Neste projeto será construída uma biblioteca de cDNAs de órgãos reprodutivos femininos da espécie A. obliqua para produzir diversos ESTs. Estes ESTs serão usados para identificar genes que possam estar sendo sujeitos a seleção positiva e posteriormente eles serão comparados com variações expressas em A. fraterculus previamente realizado no laboratório. Este estudo permitirá a identificação de genes envolvidos na especiação destas espécies, o que será de grande importância para futuramente ser possível estabelecer um controle populacional, uma vez que estas espécies são pragas agrícolas.