Busca avançada
Ano de início
Entree

Modificações estruturais decorrentes da carbonização no lenho de espécies arbóreas do cerrado no estado de São Paulo, Brasil

Processo: 08/02558-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2008
Vigência (Término): 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Morfologia Vegetal
Pesquisador responsável:Silvia Rodrigues Machado
Beneficiário:Thaís Alves Pereira Gonçalves
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Carbonização   Anatomia da madeira   Cerrado   Antracologia

Resumo

Estudos de anatomia de madeira possibilitam a identificação taxonômica, fornecem dados filogenéticos, conservacionistas, tecnológicos, ambientais e ecológicos, e podem subsidiar estudos paleoecológicos e paleoetnobotânicos. A estrutura anatômica da madeira se conserva muito bem após a carbonização, contudo, variações morfométricas eventualmente ocorrem durante o processo, as quais podem dificultar a distinção de espécies muito próximas, aspecto significativo para a identificação de carvões atuais, assim como para o estabelecimento de inferências ecológicas. A identificação de carvões atuais no Brasil se reveste de um importante caráter conservacionista, pois o país é o maior produtor mundial de carvão vegetal, do qual grande parte ainda é produzida através da extração ilegal de florestas nativas. O cerrado, bioma intimamente relacionado ao fogo, com forte potencial lenheiro, é o que sofre maior impacto ambiental, pois cerca de 80% da produção de carvão de espécies nativas é proveniente deste ambiente. A identificação de carvões fósseis e sub-fósseis, fundamento da antracologia, também se reveste de grande importância, pois esta área de estudos inovadora em ambientes tropicais, que permite reconstituições paleoambientais e paleoetnobotânicas, tem gerado análises paleoecológicas e paleoclimáticas que também podem subsidiar estudos conservacionistas. A análise da estrutura anatômica antes e após carbonização, estudo pioneiro no Brasil, visa identificar possíveis variações estruturais da anatomia da madeira, subsidiar a identificação de madeiras carbonizadas, subsidiar o desenvolvimento de estudos antracológicos, auxiliar no controle de carvão ilegal e contribuir com o conhecimento de espécies da flora do cerrado do Estado de São Paulo.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GONÇALVES, Thaís Alves Pereira. Anatomia do lenho e do carvão de espécies arbóreas do Cerrado no Estado de São Paulo, Brasil. 2010. 111 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciencias Agronomicas (Campus de Botucatu). Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.