Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da participação do sistema colinérgico da área septal lateral na modulação de respostas cardiovasculares e comportamentais durante situações aversivas

Processo: 08/04069-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 30 de abril de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Leonardo Resstel Barbosa Moraes
Beneficiário:Daniel Gustavo dos Reis
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Septo do cérebro   Sistema cardiovascular   Benzodiazepinas   Medo   Aversão   Estresse por restrição   Modelos animais

Resumo

A área septal lateral (ASL) é parte do sistema límbico e está envolvida na regulação do sistema nervoso autonômico e a modulação de respostas defensivas. A lesão eletrolítica ou a administração de benzodiazepínico na ASL causa efeito ansiolítico em animais submetidos a modelos experimentais preditivos da ação de drogas ansiolíticas. Durante situações aversivas, a neurotransmissão colinérgica das estruturas límbicas que modulam respostas comportamentais, autonômicas e neuroendócrinas é ativada. Neurônios colinérgicos localizados na ASL estão envolvidos o controle do sistema cardiovascular. Além disso, a atividade neuronial da ASL está aumentada durante a exposição a situações aversivas, tais como modelos de medo condicionado ao contexto e de estresse por restrição. Entretanto, a participação do sistema colinérgico da ASL na modulação das respostas autonômicas e comportamentais observados nestes modelos não foi devidamente estudada. Assim, uma vez que a ASL está envolvida tanto no controle de processos comportamentais quanto das alterações cardiovasculares associados a reações de defesa, e tendo em vista que essa área apresenta densa inervação colinérgica, a hipótese do presente projeto é que o sistema colinérgico presente na ASL participe da modulação das respostas cardiovascular e comportamental observadas durante exposição a situações aversivas. Para tanto, utilizaremos os modelos de estresse por restrição e o do medo condicionado ao contexto para testar a hipótese formulada.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
REIS, DANIEL G.; SCOPINHO, AMERICA A.; GUIMARAES, FRANCISCO S.; CORREA, FERNANDO M. A.; RESSTEL, LEONARDO B. M. Behavioral and Autonomic Responses to Acute Restraint Stress Are Segregated within the Lateral Septal Area of Rats. PLoS One, v. 6, n. 8, p. e23171, 2011. Citações Web of Science: 26.
REIS, DANIEL G.; SCOPINHO, AMERICA A.; GUIMARAES, FRANCISCO S.; CORREA, FERNANDO M. A.; RESSTEL, LEONARDO B. M. Involvement of the lateral septal area in the expression of fear conditioning to context. LEARNING & MEMORY, v. 17, n. 3, p. 134-138, MAR 2010. Citações Web of Science: 20.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.