Busca avançada
Ano de início
Entree

Controle da senescência de morango com atmosfera controlada e embalagens

Processo: 08/04553-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:João Alexio Scarpare Filho
Beneficiário:Luis Carlos Cunha Junior
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Óxido nitroso   Armazenamento   Embalagens   Pós-colheita

Resumo

O morango apresenta elevada taxa respiratória, grande suscetibilidade à lesões mecânicas e a diversas doenças, e elevada taxa de perda de água. Esse conjunto de fatores caracterizam-o como uma fruta altamente perecível. O objetivo do presente projeto é determinar os efeitos de oxido nitroso, altas concentrações de dióxido de carbono, altas e baixas concentrações de oxigênio, avaliados isoladamente ou em combinações, na conservação de morango refrigerado (10°C), sob atmosfera controlada e modificada. Este projeto será divido em duas etapas. Na primeira será realizada a montagem do fluxcentro e as avaliações das composições gasosas visando aumentar a vida útil do morango. Serão estudas concentrações de CO2 (10 a 80%), concentrações de O2 (1 a 90%) e concentrações de N2O (10 a 80%) isoladamente em combinações. Na segunda etapa serão selecionadas embalagens com potencial de produzirem as composições gasosas que apresentarem os melhores resultados na etapa anterior. Os morangos serão analisados a cada dois dias até tornarem-se impróprios para o consumo. Serão realizadas análises fisiológicas (atividade respiratória, produção de etileno), qualitativas (aceitabilidade, incidência de podridões, coloração externa), químicas (teores de sólidos solúveis, acidez titulável, ácido ascórbico) e físicas (perda de massa fresca, firmeza). Todos experimentos serão realizados segundo um delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial. Serão avaliados três repetições de cada tratamento, cada repetição sendo formada por 300 gramas de morango.

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LUIS CARLOS CUNHA JUNIOR; CRISTIANE MARIA ASCARI MORGADO; ANGELO PEDRO JACOMINO; MARCOS JOSÉ TREVISAN; MARISE CAGNIN MARTINS PARISI; GILMARCOS DE CARVALHO CORRÊA; GUSTAVO HENRIQUE DE ALMEIDA TEIXEIRA. Quality of ‘Oso Grande’ strawberries is affected by O2, CO2 and N2O concentrations during controlled atmosphere storage. Bragantia, v. 78, n. 2, p. 274-283, Jun. 2019.
CUNHA JUNIOR, LUIS CARLOS; ASCARI MORGADO, CRISTIANE MARIA; JACOMINO, ANGELO PEDRO; TREVISAN, MARCOS JOSE; MARTINS PARISI, MARISE CAGNIN; CORREA, GILMARCOS DE CARVALHO; DE ALMEIDA TEIXEIRA, GUSTAVO HENRIQUE. Quality of `Oso Grande' strawberries is affected by O-2, CO2 and N2O concentrations during controlled atmosphere storage. Bragantia, v. 78, n. 2, p. 274-283, APR-JUN 2019. Citações Web of Science: 0.
CUNHA JUNIOR, LUIS CARLOS; JACOMINO, ANGELO PEDRO; TREVISAN, MARCOS JOSE; DE ALMEIDA TEIXEIRA, GUSTAVO HENRIQUE. Storage of `Oso Grande' Strawberries in Controlled Atmosphere Containing Nitrous Oxide (N2O). HORTSCIENCE, v. 48, n. 10, p. 1283-1287, OCT 2013. Citações Web of Science: 1.
LUIS C CUNHA JUNIOR; ANGELO P JACOMINO; FLÁVIA O OGASSAVARA; MARCOS J TREVISAN; MARISE CM PARISI. Armazenamento refrigerado de morango submetido a altas concentrações de CO2. Horticultura Brasileira, v. 30, n. 4, p. 688-694, Dez. 2012.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
JUNIOR, Luis Carlos Cunha. Atmosfera controlada na conservação de morango. 2011. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.