Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão de antígenos de superfície de Schistosoma mansoni em BCG recombinante: avaliação da resposta imune e proteção

Processo: 08/04631-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de agosto de 2008
Vigência (Término): 31 de outubro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Luciana Cezar de Cerqueira Leite
Beneficiário:Alex Issamu Kanno
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/12872-3 - Genoma funcional de Schistosoma mansoni aplicado ao desenvolvimento de vacinas, AP.TEM
Assunto(s):Desenvolvimento de vacinas   Vacinas sintéticas   Vacina BCG   Schistosoma mansoni   Genômica funcional   Modelos animais

Resumo

A Esquistossomose é uma doença parasitária que afeta entre 200-300 milhões de indivíduos ao redor do mundo e endêmica em mais de 70 países, caracterizando-se como um problema de saúde pública. A quimioterapia apesar de eficaz não protege contra reinfecções e o desenvolvimento de uma vacina se revelaria muito benéfico. A utilização de vetores vivos para a apresentação de antígenos heterólogos é uma idéia atraente, pois eliminaria a necessidade de várias doses de reforço para alcançar uma proteção máxima. Este trabalho visa investigar o potencial vacinal de Mycobacterium bovis BCG expressando antígenos de Schistosoma mansoni identificados em estudos de genômica funcional. Os possíveis antígenos do parasita testados serão: Sm29 (uma proteína de membrana), uma Venom-Allergen-Like protein (VAL), uma estomatina e uma tetraspanina. Os genes destes antígenos serão clonados em vetores de expressão de micobactéria e expressos em BCG sob o controle do promotor mutado de b-lactamase de Mycobacterium fortuitum, pBlaF*, em fusão ou não com o peptídeo sinal da b-lactamase. Estes vetores possuem como marcador de seleção o gene de resistência a kanamicina. O alfa-antígeno de M. kansasii poderá ser utilizado em fusão com cada um dos antígenos como estratégia para a exportação e/ou aumentar o nível de expressão destes. Camundongos serão imunizados com as cepas recombinantes construídas e a resposta imune humoral e celular induzida será avaliada. Em seguida os animais serão submetidos ao desafio com cercárias de S. mansoni, onde se observará a proteção conferida pela imunização com as diferentes cepas de rBCG. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
KANNO, ALEX I.; GOULART, CIBELLY; ROFATTO, HENRIQUE K.; OLIVEIRA, SERGIO C.; LEITE, LUCIANA C. C.; MCFADDEN, JOHNJOE. New Recombinant Mycobacterium bovis BCG Expression Vectors: Improving Genetic Control over Mycobacterial Promoters. Applied and Environmental Microbiology, v. 82, n. 8, p. 2240-2246, APR 2016. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.