Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da administração intermitente de hPTH(1-34) no processo de reparo alveolar de molares de ratos

Processo: 08/05212-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2008
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Histologia
Pesquisador responsável:Pedro Duarte Novaes
Beneficiário:Juliana dos Santos Neves
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Hormônios paratireóideos   Dente molar   Reação em cadeia da polimerase via transcriptase reversa (RT-PCR)   Osso e ossos

Resumo

O hormônio paratireóideo (PTH) é um hormônio polipeptídico secretado pela glândula paratireóide em resposta ao baixo nível de cálcio no sangue. O PTH é considerado um agente catabólico para o esqueleto, no entanto a administração intermitente deste hormônio promove um aumento da massa óssea. Seu mecanismo de ação ainda não é bem entendido, embora se saiba que o PTH regula a expressão gênica nos osteoblastos, apoiando a síntese de proteínas de matriz requeridas para nova formação óssea, proteínas que regulam a diferenciação de osteoclastos, e proteínas associadas com a degradação e turnover da matriz. Atualmente o PTH tem sido usado em casos de osteoporose devido a sua capacidade de estimular a formação óssea, entretanto, poucos estudos têm avaliado os efeitos do PTH sobre o metabolismo dos ossos da face, podendo este surtir um efeito favorável em processos de reparo. Um modelo interessante para o estudo do reparo ósseo é o processo de cicatrização da ferida do alvéolo após a extração dental, considerando a ausência de formação de cartilagem, o curto período necessário e sua relevância clínica. Além disso, o processo de reparo alveolar é um assunto amplamente estudado e sua seqüência de eventos conhecida em detalhes, sendo a seqüência de cicatrização em ratos similar a do homem, porém, mais rápida. O presente projeto tem como objetivo analisar a influência da administração intermitente de PTH sobre o processo de reparo alveolar após exodontia de molares inferiores de ratos, assim como seu efeito na expressão de alguns dos genes envolvidos neste processo.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
NEVES, Juliana dos Santos. Efeito da administração intermitente de hPTH(1-34) nos estágios iniciais de reparo alveolar após exodontia de molares de ratos. 2012. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Odontologia de Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.