Busca avançada
Ano de início
Entree

Física e metafísica: o princípio de razão suficiente em Leibniz

Processo: 08/05596-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 31 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Pesquisador responsável:Luís César Guimarães Oliva
Beneficiário:Celi Hirata
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/56080-1 - Ruptura e continuidade: investigações sobre a relação entre natureza e história a partir de sua formulação pelo grande racionalismo seiscentista, AP.TEM
Assunto(s):Física   Metafísica

Resumo

A presente pesquisa possui como escopo o exame do princípio de razão suficiente na filosofia de Leibniz, apontando como este princípio constitui um elemento central na argumentação deste autor de que as leis físicas, bem como as considerações mais gerais dos fenômenos, devem submeter-se aos princípios da metafísica. Com efeito, por se tratar de um princípio universal e polivalente que engloba simultaneamente cognoscibilidade e ontologia, o princípio de razão suficiente estabelece a inteligibilidade completa do real e opera a articulação entre conhecimento, física, moral e metafísica, de modo que, por meio de sua aplicação, cada pormenor do mundo é visto como produto tanto da causalidade eficiente como da final. Ironicamente, ao retomar o princípio de razão suficiente em sua filosofia crítica, Kant o transforma em uma regra que assegura a objetividade da relação de causalidade, entendida agora como estritamente eficiente, na qual cada fenômeno é pensado como sendo exclusivamente determinado por aquele que o antecede, uso do princípio que Schopenhauer radicalizará. Deste modo, o exame do princípio de razão suficiente em Leibniz constitui um importante ponto de partida na pesquisa de um momento decisivo pelo qual passa o conceito de razão e de ciência da natureza.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
HIRATA, Celi. Leibniz e Hobbes: causalidade e princípio de razão suficiente. 2012. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.