Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização do perfil de expressão gênica de cultivares de cana-de-açúcar (Saccharum spp.) contrastantes para estresse hídrico

Processo: 08/06446-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 31 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Fisiologia Vegetal
Pesquisador responsável:Antonio Vargas de Oliveira Figueira
Beneficiário:João Felipe Nebó Carlos de Oliveira
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Fatores abióticos   Escassez de água   Estresse hídrico   Cana-de-açúcar   Saccharum   Genótipo   Expressão gênica   Análise de sequência com séries de oligonucleotídeos   Reação em cadeia da polimerase em tempo real

Resumo

A cana-de-açúcar (Saccharum spp.) é uma das culturas mais importantes para a economia brasileira, fonte de matéria-prima para produção de açúcar e álcool. Para atender a crescente demanda do mercado interno e externo, o setor sucroalcooleiro deverá expandir a área cultivada com cana-de-açúcar, utilizando-se para isto áreas de cerrado e pastagens degradadas nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, caracterizadas por um inverno seco com períodos de deficiência hídrica acentuada. Nos últimos 10 anos, cerca de 80 cultivares de cana-de-açúcar foram desenvolvidas no Brasil, porém poucas com potencial produtivo para o cultivo nas condições de cerrado. Mecanismos de resposta e tolerância ao déficit hídrico têm sido investigados em espécies como arroz e arabidopsis, cujos genes responsivos ao estresse hídrico foram classificados em dois grupos: o primeiro incluindo proteínas que agem diretamente no combate ao estresse, e o segundo incluindo genes regulatórios. Estudos prévios de resposta à seca em cana-de-açúcar sugeriram similaridades na atuação dos genes ortólogos aos do segundo grupo de arroz e arabidopsis, porém os genes atuantes diretamente na proteção e combate ao estresse ainda permanecem desconhecidos. A elucidação dos mecanismos adotados pela cana-de-açúcar na tolerância ao déficit hídrico seria de grande valor para o desenvolvimento de genótipos tolerantes, estando estritamente relacionado à sustentabilidade e viabilidade econômica dessa cultura em áreas sujeitas ao déficit hídrico, contribuindo também para a redução do uso da irrigação. Este trabalho pretende analisar o perfil da expressão gênica de genótipos de cana-de-açúcar contrastantes à seca, utilizando-se para isso análises comparativas de microarranjos de cDNA, seguidas de validação da expressão gênica via RT-qPCR para caracterizar genes diferencialmente expressos em genótipos de cana-de-açúcar contrastantes para a tolerância ao déficit hídrico. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
OLIVEIRA, João Felipe Nebó Carlos de. Caracterização fisiológica e perfil de expressão gênica de cultivares de cana-de-açúcar (Saccharum spp) contrastantes para o deficit hídrico. 2013. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.