Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinantes da variação morfológica em populações naturais de Drosophila mediopunctata

Processo: 08/07084-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2008
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Louis Bernard Klaczko
Beneficiário:Felipe Bastos Rocha
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Drosophila   Morfometria   Genética quantitativa

Resumo

Os processos evolutivos que ocorrem em populações naturais em ambientes heterogêneos estão ligados a questões importantes da biologia evolutiva, como manutenção de polimorfismos, adaptação local e evolução da plasticidade fenotípica, cujos padrões de evolução ainda são bastante discutidos. A maior parte dos estudos que abordam tais questões, entretanto, utiliza espécies cosmopolitas, com alta associação a ambientes humanos e propriedades diferentes de espécies restritas a ambientes conservados. Drosophila mediopunctata é uma espécie do grupo tripunctata que ocorre exclusivamente em matas neotropicais, e vários aspectos de sua biologia já foram estudados. Para alguns já foram detectadas evidências de ação da seleção natural, como é o caso do cline altitudinal de tamanho e a variação em contra-gradiente para a pigmentação, baseadas em populações naturais. Portanto, essa espécie é um modelo favorável para estudar a evolução em ambientes heterogêneos de matas neotropicais. O objetivo deste projeto é investigar os padrões de evolução de populações naturais de D. mediopunctata em localidades da Serra do Mar e da Serra da Mantiqueira, buscando avaliar fatores ambientais que possam contribuir na determinação da distribuição da variação genética nas populações estudadas. Para tal, serão coletadas amostras de quatro populações escolhidas para possibilitar o teste de diferentes fontes de variação: a) Serras; b) faces da Serra; c) altitudes; d) latitudes. Nas populações será caracterizada a variação genética e fenotípica para um conjunto de caracteres quantitativos e a variação para marcadores microssatélites. As normas de reação em relação à temperatura dos caracteres estudados serão descritas, caracterizando um dos determinantes ambientais da variação. A comparação entre os resultados das diferentes abordagens servirá como base para inferir padrões de evolução diante das diferentes escalas de variação ambiental testadas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ROCHA, Felipe Bastos. Plasticidade fenotípica em Drosophila mediopunctata : não-linearidade e correlações com valor médio. 2013. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.