Busca avançada
Ano de início
Entree

Propriedade antifúngica de resina para base de prótese modificada com nanopartículas de prata

Processo: 08/07454-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2009
Vigência (Término): 31 de agosto de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Ana Lucia Machado
Beneficiário:Amanda Fucci Wady
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Nanopartículas   Próteses e implantes   Resinas acrílicas   Adesão   Anti-infecciosos   Estomatite   Candida albicans

Resumo

A adesão de microrganismos presentes na cavidade bucal, entre os quais a Candida albicans, na superfície das próteses removíveis pode resultar em alterações patológicas na mucosa de revestimento, sendo a mais comumente observada a estomatite induzida por prótese. O tratamento dessa patologia pode incluir a higienização e imersão das próteses em solução desinfetantes ou a irradiação por microondas, com o objetivo de remover ou inativar os microrganismos após a colonização das próteses. Entretanto, considerando-se que a adesão desses microrganismos na superfície da resina acrílica constitui o pré-requisito para sua colonização e, conseqüentemente, a ocorrência da estomatite induzida por prótese, o desenvolvimento de métodos que possam minimizar ou prevenir a adesão da Candida albicans sobre a parte interna das próteses poderia trazer avanço significativo na prevenção dessa patologia. Uma alternativa terapêutica seria a incorporação de agentes antimicrobianos nos materiais utilizados na confecção das bases das próteses. Dentre esses agentes, as nanopartículas de prata (AgNPs), por apresentarem efetividade antimicrobiana e baixa citotoxidade em células de mamíferos, têm sido um dos nanomateriais mais comumente utilizados na área médica. Dentro desse contexto, o objetivo do presente trabalho será avaliar o efeito de AgNPs na aderência de Candida albicans em uma resina para base de prótese, em função de diferentes concentrações de nanopartículas e períodos de armazenamento em saliva artificial estéril. Para isso, corpos-de-prova (13,8 mm de diâmetro e 2 mm de espessura) serão confeccionados utilizando-se a resina sem modificação (C0), ou com a incorporação de AgNPs em 5 concentrações (C1, C2, C3, C4 e C5). Esses corpos-de-prova serão divididos aleatoriamente em 4 grupos (n=108), de acordo com os períodos de armazenamento em saliva artificial estéril a 37ºC: G1 - 48 horas; G2 - 7 dias; G3 - 3 meses e G4 - 6 meses. A adesão da Candida albicans sobre a resina para base de prótese será medida através do ensaio XTT e técnica de coloração Cristal Violeta. Os resultados obtidos de adesão, por meio dos dois métodos, serão submetidos à análise estatística para posterior interpretação e discussão.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
WADY, AMANDA FUCCI; MACHADO, ANA LUCIA; FOGGI, CAMILA CRISTINA; ZAMPERINI, CAMILA ANDRADE; ZUCOLOTTO, VALTENCIR; MOFFA, EDUARDO BUOZI; VERGANI, CARLOS EDUARDO. Effect of a Silver Nanoparticles Solution on Staphylococcus aureus and Candida spp.. Journal of Nanomaterials, 2014. Citações Web of Science: 10.
WADY, A. F.; MACHADO, A. L.; ZUCOLOTTO, V.; ZAMPERINI, C. A.; BERNI, E.; VERGANI, C. E. Evaluation of Candida albicans adhesion and biofilm formation on a denture base acrylic resin containing silver nanoparticles. Journal of Applied Microbiology, v. 112, n. 6, p. 1163-1172, JUN 2012. Citações Web of Science: 46.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
WADY, Amanda Fucci. Propriedade antifúngica de resina para base de prótese modificada com nanopartículas de prata. 2011. 101 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Odontologia. Araraquara.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.