Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de microRNAs envolvidos na resistência de células leucêmicas

Processo: 08/07217-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Enzimologia
Pesquisador responsável:Carmen Veríssima Ferreira
Beneficiário:Sarah Azoubel Lima
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Quimioterapia   Leucemia mieloide   Biologia molecular   MicroRNAs

Resumo

Os microRNAs (miRNAs) são pequenos RNAs endógenos que regulam a expressão de genes no estágio pós-transcricional, seja por inibição da tradução ou desestabilização de seus mRNAs alvos. A descoberta desses novos reguladores aumenta a possibilidade de estudo e intervenção no metabolismo anormal das células. O fenótipo tumoral, que é causado por alterações na rede de controle de proliferação e sobrevivência celular, é uma das mais importantes e estudadas patologias da atualidade. Assim como os principais tipos de câncer, a leucemia mielóide crônica (CML), ocasionada principalmente pelo gene de fusão BCR-ABL, ainda apresenta deficiências no tratamento de pacientes. Portanto, a aquisição de resistência aos quimioterápicos é um dos principais obstáculos para o sucesso da terapia do câncer. Assim, o estudo dos mecanismos que promovem o fenótipo resistente a múltiplas drogas (MDR) é de extrema importância para a evolução dos protocolos terapêuticos. Um número cada vez maior de evidências indica que os microRNAs apresentam importante papel tanto nos mecanismos de carcinogênese como de aquisição de resistência. Portanto, esse trabalho tem como objetivo a identificação de miRNAs envolvidos no fénotipo MDR, utilizando células de CML como modelo. Para isso será verificada a expressão de miRNAs em uma linhagem celular susceptível ao tratamento (K562) e uma linhagem MDR (Lucena1). Os miRNAs diferencialmente expressos serão então analisados quanto à sua contribuição para a proliferação e resistência celular, sendo também investigados os seus alvos. Os resultados adquiridos com esse trabalho serão de grande significância para esclarecer como a regulação por miRNAs coopera com os mecanismos que levam à resistência das células tumorais a quimioterápicos e estabelecer novos e específicos alvos terapêuticos. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
LIMA, Sarah Azoubel. Estudo do metabolismo de microRNAs na resistência de células leucêmicas. 2011. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.