Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel de nf-kb e notch na regulação de fatores de transcrição durante a diferenciação in vitro de células t a partir de células progenitoras hematopoéticas cd34+

Processo: 08/07503-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Rodrigo Alexandre Panepucci
Beneficiário:Josiane Lilian dos Santos Schiavinato
Instituição-sede: Hemocentro de Ribeirão Preto. Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP (HCMRP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):NF-kappa B   Linfócitos T   Hematologia

Resumo

Estudos anteriores, desenvolvidos por este grupo, sugerem que a maior expressão de NOTCH1 e de alvos transcricionais e componentes da via NF-kappa B (NF-kB) em células-tronco hematopoéticas (CTH) CD34+ de sangue de cordão umbilical (SCU), quando comparadas às de medula óssea (MO), poderia estar relacionada com o estado mais primitivo das CTH do SCU, explicando algumas das diferenças funcionais entre células destas fontes. No entanto, as células CD34+ constituem um grupo heterogêneo de células em diferentes estágios de maturação. De fato, o marcador CD133 caracteriza uma subpopulação de CTH CD34bright mais primitivas, com sugestivo potencial de hemangioblasto. Em outro trabalho recém submetido, o grupo identificou potenciais mecanismos de regulação transcricional implicados com as características de CTH consideradas mais primitivas (CD133+ ou do SCU). Novamente, as vias NF-kB e NOTCH foram implicadas na manutenção de níveis mais altos de certos transcritos. Alguns destes transcritos correspondem a certos fatores de transcrição (FT) envolvidos com o potencial de hemangioblasto, com a auto-renovação das CTH, e com a diferenciação linfóide; como: RUNX1/AML1, GATA3, USF1, TAL1/SCL, HOXA9 e HOXB4. A potencial participação destas vias na regulação destes FT tem importância conceitual e prática no entendimento da biologia das CTH, e dos processos envolvidos na diferenciação destas células. Com isto em vista, este projeto tem como objetivo estudar o papel da via NF-kB e da via NOTCH na regulação destes FT. Para isso, um modelo experimental in vitro, de diferenciação de CTH CD34+ em linfócitos T, será utilizado e a influência de fatores agonistas e inibidores farmacológicos destas vias, serão avaliados por citometria de fluxo e PCR em tempo real. Os resultados obtidos auxiliarão na compreensão dos mecanismos moleculares de regulação transcricional envolvidos não apenas na diferenciação de linfócitos T, mas também na manutenção de um estado mais primitivo das CTH. Este conhecimento pode vir a contribuir com o desenvolvimento ou otimização de protocolos laboratoriais visando a expansão de CTH ou geração de células T para usos terapêuticos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)