Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de oxigênio nas propriedades anelásticas e biocompatibilidade da liga Ti-15Mo

Processo: 08/07588-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 30 de setembro de 2010
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Pesquisador responsável:Carlos Roberto Grandini
Beneficiário:José Roberto Severino Martins Júnior
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Biomateriais   Ligas de titânio   Intersticiais   Biomateriais metálicos   Teste de biocompatibilidade

Resumo

O titânio e algumas de suas ligas têm sido vastamente usados na fabricação de próteses e dispositivos especiais nas áreas médica e odontológica desde 1970 devido às suas propriedades como baixos valores de módulo de Young, resistência à corrosão e características de biocompatibilidade. Entretanto, os valores do módulo de Young dessas ligas ainda são cerca de 2-4 vezes superiores os do osso. A liga Ti-6Al-4V é a liga de titânio mais utilizada para aplicações biológicas. Sua formulação varia ligeiramente dependendo do padrão escolhido pelo fabricante. Quanto maior for o conteúdo de oxigênio, nitrogênio, ou vanádio, maior será sua resistência e o inverso, quanto menor for o conteúdo destes elementos maior será a tenacidade à fratura, a ductilidade e a resistência à corrosão. Entretanto, recentemente, foi descoberto que o vanádio causa efeitos citotóxicos e reações adversas em alguns tecidos, enquanto o alumínio tem sido associado com desordens neurológicas. Assim, muitas pesquisas têm procurado alternativas à liga Ti-6Al-4V, na tentativa de se obter ligas com resistência mecânica similar (ou mais elevada), menor módulo de elasticidade e maior biocompatibilidade. As ligas mais promissoras são as que apresentam Nb, Zr, Mo e Ta como elementos de liga, adicionados ao Ti. A liga Ti-15Mo (TM) integra uma nova classe de ligas à base de Ti, sem a presença de Al e V (que apresentam citotoxidade) e com baixos valores do módulo de Young (por volta de 80 GPa), bastante atraenttes para o emprego como biomateriais. O objetivo deste projeto é estudar o efeito de oxigênio em solução sólida na liga Ti-15Mo (% em peso) nas propriedades anelásticas da liga, por intermédio de medidas de espectroscopia mecânica utilizando um Pêndulo de Torção. Preliminarmente, para uma completa caracterização da amostra, serão efetuadas medidas de difração de raios X (DRX), microscopia eletrônica de varredura (MEV), corrosão e testes de biocompatibilidade.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
JÚNIOR, José Roberto Severino Martins. Efeito de oxigênio na biocompatibilidade e propriedades da liga Ti-15Mo. 2010. 140 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista. POSMAT - Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Materiais. Bauru.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.