Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de metodologia highthrouput para estudo do mosquito Aedes aegypti com monitoramento de resistência em populações portuárias no estado de São Paulo

Processo: 08/07918-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Pesquisador responsável:Paulo Eduardo Martins Ribolla
Beneficiário:Carine Spenassatto Dreyer
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Genética populacional   Aedes aegypti   Vetores de doenças   Dengue   Vírus da dengue   Resistência a inseticidas   Marcador molecular   Polimorfismo de um único nucleotídeo   Reação em cadeia da polimerase em tempo real   Controle de vetores

Resumo

O mosquito Aedes aegypti, culicídeo de hábitos diurnos, urbano e hematófogo voraz, é o principal vetor da dengue e está globalmente distribuído pelos trópicos em associação com as populações humanas. Uma das primeiras detecções da presença do mosquito no Estado de São Paulo aconteceu na década de 80 na cidade de Santos. Atualmente o monitoramento das populações e da susceptibilidade do Aedes aegypti a inseticidas é realizado pela SUCEN (Superintendência de Controle de Endemias) que estuda populações sentinelas representativas de regiões do Estado de São Paulo. A realização deste trabalho tem demonstrado que tais populações têm apresentado cada vez mais resistência aos inseticidas comumente utilizados. Como não há disponível nenhuma vacina ou medicamento eficiente contra a dengue, o controle da doença está restrito ao controle do vetor. Uma das alternativas de controle e entendimento das relações vetor, patógeno e homem se baseia no desenvolvimento de ferramentas moleculares. O desenvolvimento e aprimoramento das técnicas de marcadores moleculares baseados em PCR têm possibilitado o estudo genético das populações do Ae. aegypti nos quais vários marcadores são envolvidos, tais como os SNPs (Single Nucleotide Polymorphisms). Uma das técnicas que utiliza destes marcadores são os ensaios com TaqMan, realizado a partir de sondas fluorescentes para detecção de seqüências específicas em técnicas de PCR em tempo real. Tal método tem alta sensibilidade e especificidade, com produção mais rápida quando comparada a PCR padrão. Desta forma o presente projeto visa caracterizar as populações sentinelas, Santos e São Sebastião, e verificar se estas são representativas da região. A obtenção dos dados genéticos destas populações permitirá ainda verificar se a população de Santos, cuja origem pode ser distinta das demais populações do Estado, por apresentar um padrão genético diverso das demais populações, tem as mesmas características que a população de São Sebastião. Este dado se mostra fundamental para os programas de controle da resistência, uma vez que caracterizada as semelhanças ou diferenças entre as populações. A correlação dos dados genéticos com os dados dos perfis biológicos e bioquímicos de cada população possibilitará que as medidas de controle e manejo sejam otimizadas no futuro. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
DREYER, Carine Spenassatto. Desenvolvimento de metodologia high-throughput para estudo populacional do mosquito Aedes aegypti e comparação de dados de genes mitocondriais. 2011. 96 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Botucatu). Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.