Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de distúrbios solar-interplanetário-geomagnéticos usando observações de satélites e da rede mundial de detectores de múons (GMDN) para aplicações em clima espacial

Processo: 08/08840-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geofísica
Pesquisador responsável:Alisson Dal Lago
Beneficiário:Carlos Roberto Braga
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Geofísica espacial   Meio interplanetário   Clima espacial   Tempestades geomagnéticas

Resumo

Este projeto tem como objetivo principal estudar a detecção de distúrbios interplanetários, como ejeções de massa coronais interplanetárias (ICMEs), usando observações de raios cósmicos de superfície para aprimoramentos da previsão do Clima Espacial. Os instrumentos LASCO (Large Angle and Spectroscopic Coronagraph) e EIT (Extreme Ultraviolet Image Telescope) a bordo do satélite SOHO (Solar and Heliospheric Observatory) provém observações iniciais de ejeções coronais de massa para o nosso estudo. Dados de raios cósmicos permitem sensoriamento remoto destes distúrbios entre o Sol e a Terra, juntamente com as observações do satélite ACE (Advanced Composition Explorer) localizado no ponto Lagrangeano L1. Novos dados de raios cósmicos estão sendo obtidos desde a instalação do telescópio multi-direcional de muons (TDM) no Observatório Espacial do Sul (OES/CIE/INPE - MCT), em São Martinho da Serra - RS, por meio de uma colaboração tri-lateral entre Estados Unidos, Japão e Brasil, que ocorreu em dezembro de 2005. O instrumento, juntamente com TDMs similares instalados em Nagoya (Japão) e Hobart (Austrália), constitui a Rede Mundial de Detectores de Muons (GMDN, da sigla em inglês Global Muon Detector Network). Os atuais tempos de percurso das CMEs em 1UA poderão ser aprimorados usando os dados da GMDN, criando-se mais uma forma de alerta a distúrbios geomagnéticos.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
KOZAI, M.; MUNAKATA, K.; KATO, C.; KUWABARA, T.; ROCKENBACH, M.; DAL LAGO, A.; SCHUCH, N. J.; BRAGA, C. R.; MENDONCA, R. R. S.; AL JASSAR, H. K.; SHARMA, M. M.; DULDIG, M. L.; HUMBLE, J. E.; EVENSON, P.; SABBAH, I.; TOKUMARU, M. AVERAGE SPATIAL DISTRIBUTION OF COSMIC RAYS BEHIND THE INTERPLANETARY SHOCK-GLOBAL MUON DETECTOR NETWORK OBSERVATIONS. ASTROPHYSICAL JOURNAL, v. 825, n. 2 JUL 10 2016. Citações Web of Science: 3.
BRAGA, CARLOS ROBERTO; DAL LAGO, ALISSON; STENBORG, GUILLERMO. Pseudo-automatic characterization of the morphological and kinematical properties of coronal mass ejections using a texture-based technique. Advances in Space Research, v. 51, n. 10, p. 1949-1965, MAY 15 2013. Citações Web of Science: 5.
VIEIRA, LUCAS R.; DAL LAGO, ALISSON; RIGOZO, NIVAOR R.; DA SILVA, MARLOS R.; BRAGA, CARLOS R.; PETRY, ADRIANO; SCHUCH, NELSON J. Near 13.5-day periodicity in Muon Detector data during late 2001 and early 2002. Advances in Space Research, v. 49, n. 11, p. 1615-1622, JUN 1 2012. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.