Busca avançada
Ano de início
Entree

IRMÃS, ENVOLVIDAS, GRINGAS E SACOLEIRAS: moçambicanas presas em SP e mercado "informal" transnacional

Processo: 08/08906-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Antropologia Urbana
Pesquisador responsável:Omar Ribeiro Thomaz
Beneficiário:Bruna Louzada Bumachar
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Prisões   Moçambique

Resumo

Neste projeto proponho compreender práticas e regras que permeiam os trajetos das sacoleiras, comerciantes moçambicanas que realizam compras no Brás, ou seja, as que fazem parte de seus deslocamentos entre Moçambique e Brasil, de suas atividades comerciais e do aprisionamento de algumas delas. Trata-se, por um lado, de observar as práticas e regras que são utilizadas por essas mulheres nas experiências comerciais e prisionais e, por outro, de ver como essas experiências delineiam suas práticas e regras ao longo dos trajetos. Minha ambição, além disso, está em verificar como elas transitam por estas redes comerciais "informais" e por aquelas classificadas como "ilegais", tais como o tráfico de drogas e que pode ter como resultado o aprisionamento. Para tanto, realizarei pesquisa de campo etnográfica no bairro do Brás e nas Penitenciárias Femininas da Capital e de Santana, além de entrevistas semi-estruturadas com sacoleiras. Parto de duas hipóteses: a) que o envolvimento de moçambicanas no transporte internacional de cocaína está inserido no mercado "informal" intercontinental e constitui uma dentre diferentes atividades econômicas "informais" potencialmente realizadas por elas; b) que há uma continuidade entre o interior e o exterior da prisão, ou seja, que as experiências comerciais e prisionais das sacoleiras balizam e são balizadas por práticas e regras que compõem todo esse trajeto feito por elas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)