Busca avançada
Ano de início
Entree

Patrimônio cultural imaterial: o tradicionalismo sul-riograndense e a multiterritorialização da identidade gaúcha

Processo: 08/08934-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 31 de agosto de 2010
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Bernadete Aparecida Caprioglio de Castro
Beneficiário:Ana Carolina Rios Gomes
Instituição-sede: Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Identidade cultural   Geografia cultural

Resumo

Nas últimas décadas a ciência Geográfica tem retomado o interesse por estudos referentes às manifestações culturais, especialmente àquelas de caráter popular, devido às inúmeras demonstrações de sua revitalização frente à tentativa de homogeneização cultural orientada pela globalização. Nessa perspectiva, os estudos geográficos devem ser associados aos estudos antropológicos a fim de possibilitar uma análise cultural mais abrangente, que contemple suas dimensões espaciais e simbólicas, contribuindo de forma substancial para sua compreensão. A fim de contextualizar a construção da identidade gaúcha considerando-a patrimônio cultural imaterial, será retomada, na presente pesquisa, a história da formação territorial do Rio Grande do Sul, enfatizando o processo de conquista do território numa área conflituosa, marcada por significativos conflitos armados, e as principais migrações que conferiram a miscigenação do povo.De forma mais específica, serão abordadas questões referentes ao Movimento Tradicionalista Gaúcho, que surge em meados do século XX com o intuito de pôr em relevo a cultura local e, assim, fortalecer a identidade do gaúcho em meio a uma conjuntura cultural globalizante. Nesse contexto são criados e disseminados os Centros de Tradições Gaúchas (CTGs): espaços locais onde se vivencia a identidade cultural gaúcha, que estão presentes em diversos lugares no estado do Rio Grande do Sul e além das fronteiras nacionais, o que evidencia a multiterritorialidade identitária sul-riograndense.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GOMES, Ana Carolina Rios. Patrimônio cultural imaterial : o tradicionalismo sul-rio-grandense e a multiterritorialização da identidade gaúcha. 2010. 133 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Geociencias e Ciencias Exatas. Rio Claro.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.