Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos da lesão ao DNA por corantes têxteis e da capacidade protetora de flavonóides empregando biossensor eletroquímico

Processo: 08/08990-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Hideko Yamanaka
Beneficiário:Carolina Venturini Uliana
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Eletroanalítica   DNA   Flavonoides

Resumo

Muitas condições patofisiológicas estão relacionadas com o envolvimento de radicais livres no metabolismo das células vivas. São exemplos o envelhecimento celular, a arterosclerose, a diabetes, várias doenças neurológicas degenerativas e o câncer. Estas perturbações estão associadas a um fenômeno chamado estresse oxidativo, que se pode definir como um desequilíbrio entre espécies pró-oxidantes e antioxidantes em um sistema biológico. Fatores externos, como exposição a substâncias tóxicas como corantes têxteis, podem também ocasionar o estresse oxidativo. Vários estudos têm demonstrado os efeitos antioxidantes de produtos naturais na prevenção dos danos causados pelo processo oxidativo. Os antioxidantes apresentam a propriedade de capturarem radicais livres sendo, portanto, eficientes no combate aos efeitos prejudiciais do processo de oxidação celular. Particularmente, os flavonóides, extraídos de plantas da flora brasileira, se apresentam como potenciais antioxidantes. Diante disso, neste projeto propõe-se investigar a interação de corante azo com DNA imobilizado sobre CDtrodo de ouro, visando obter uma maior compreensão genotóxica destas substâncias, e o efeito antioxidante de flavonóides, presentes em extratos de plantas, frente à ação do corante têxtil como causador de lesão a nucleotídeos.

Publicações científicas (6)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ULIANA, CAROLINA VENTURINI; GARBELLINI, GUSTAVO STOPPA; YAMANAKA, HIDEKO. Electrochemical investigations on the capacity of flavonoids to protect DNA against damage caused by textile disperse dyes. SENSORS AND ACTUATORS B-CHEMICAL, v. 192, p. 188-195, MAR 2014. Citações Web of Science: 3.
ULIANA, CAROLINA VENTURINI; GARBELLINI, GUSTAVO STOPPA; YAMANAKA, HIDEKO. Evaluation of the interactions of DNA with the textile dyes Disperse Orange 1 and Disperse Red 1 and their electrolysis products using an electrochemical biosensor. SENSORS AND ACTUATORS B-CHEMICAL, v. 178, p. 627-635, MAR 1 2013. Citações Web of Science: 19.
GARBELLINI, GUSTAVO S.; ULIANA, CAROLINA V.; YAMANAKA, HIDEKO. Interaction of Organophosphorus Pesticides with DNA Nucleotides on a Boron-Doped Diamond Electrode. Journal of the Brazilian Chemical Society, v. 24, n. 12, p. 1942-1949, Dez. 2013. Citações Web of Science: 5.
ULIANA, CAROLINA V.; GARBELLINI, GUSTAVO S.; YAMANAKA, HIDEKO. Spectrophotometric Evaluation of the Behavior of Disperse Red 1 Dye in Aqueous Media and its Interaction with Calf Thymus ds-DNA. Journal of the Brazilian Chemical Society, v. 23, n. 8, p. 1469-1475, AUG 2012. Citações Web of Science: 5.
ULIANA, CAROLINA V.; GARBELLINI, GUSTAVO S.; YAMANAKA, HIDEKO. Electrochemical reduction of disperse orange 1 textile dye at a boron-doped diamond electrode. Journal of Applied Electrochemistry, v. 42, n. 5, p. 297-304, MAY 2012. Citações Web of Science: 6.
GARBELLINI, GUSTAVO S.; ULIANA, CAROLINA V.; YAMANAKA, HIDEKO. Detection of DNA Nucleotides on Pretreated Boron Doped Diamond Electrodes. Journal of the Brazilian Chemical Society, v. 22, n. 7, p. 1241-1245, 2011. Citações Web of Science: 14.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ULIANA, Carolina Venturini. Estudos da lesão ao DNA por corantes têxteis e da capacidade protetora de flavonóides empregando biossensor eletroquímico. 2013. 152 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Quimica..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.