Busca avançada
Ano de início
Entree

Importância do sono paradoxal pós-treino para a resposta de medo condicionado ao contexto

Processo: 08/10148-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Deborah Suchecki
Beneficiário:Carlos Eduardo Neves Girardi
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Privação materna   Transtornos de estresse pós-traumáticos   Prolactina   Sono

Resumo

O Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT) é um transtorno de ansiedade decorrente de situações traumáticas, como crimes violentos, guerras e desastres naturais. Evidências sugerem que perturbações no sono pós-trauma podem constituir um fator de risco para o desenvolvimento de TEPT crônico. Processos que ocorrem durante o sono pós-trauma podem representar uma proteção natural contra o TEPT. Acredita-se que sintomas característicos desse transtorno advêm de um processamento inadequado da memória emocional relacionada ao trauma, enquanto que longos períodos de sono REM pós-trauma favoreceriam o processamento dessas memórias, prevenindo a progressão da doença. Neste projeto, utilizaremos um paradigma de evento adverso na infância, que interfere com a ontogênese da resposta de estresse, como potencial modelo para estudar o possível comprometimento no mecanismo de rebote de sono após a aplicação de choque intenso nas patas, para avaliar a importância do sono para a consolidação de memória emocional traumática (considerando-se que o choque nas patas, na intensidade utilizada, 2mA por 10s, seja traumático). Para isso, ratos privados da mãe na idade precoce serão submetidos ao trauma na idade adulta, sendo que o sono dos animais será registrado após o evento, com o objetivo de avaliar se a quantidade de sono paradoxal pós-trauma tem correlação com o comportamento de congelamento no dia do teste. Além disso, serão realizadas manipulações farmacológicas para induzir ou impedir a ocorrência do sono paradoxal após o trauma e suas conseqüências na manifestação do medo condicionado. Deste modo, visamos contribuir para a elucidação das funções do sono paradoxal pós-trauma no processamento da memória emocional, e extrapolar esses resultados para o TEPT de forma a propor novas estratégias de prevenção desta desordem.