Busca avançada
Ano de início
Entree

"Efeitos biomecânicos do exercício de alto impacto em ossos osteopênicos: estudo experimental em ratas ovariectomizadas"

Processo: 08/10785-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Bioengenharia
Pesquisador responsável:Antônio Carlos Shimano
Beneficiário:Rodrigo Okubo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Biomecânica   Osteoporose   Bioquímica   Histologia   Terapia por exercício   Doenças ósseas metabólicas

Resumo

A osteoporose e osteopenia possuem fatores apontados como os mais alarmantes: o déficit capital ósseo (a partir de 35 anos de idade) e a supressão da função ovariana, reduzindo acentuadamente os hormônios ovarianos até o término desses, diretamente relacionados à osteogênese. A atividade física encontra-se como um possível método profilático/ terapêutico. As atividades de alto impacto, como os saltos, possuem características importantes. Essas atividades possuem um componente inicial de aceleração provocado pela contração muscular vigorosa, que cria uma forte tensão sobre os ossos, e outro componente final, onde participam a desaceleração e absorção de impacto, criando um segundo mecanismo gerador de forte tensão. Esta geração de tensão possui influência direta no tecido ósseo, como o influxo de cálcio para este tecido, por definições piezoelétricas. Este estudo, dessa forma, possui como objetivo avaliar ratas ovariectomizadas submetidas a um programa de treinamento físico de alto impacto prévio e após a instalação da osteopenia. Para tal, serão utilizadas 60/90 (n) ratas Wistar, divididas em 6 grupos experimentais: (A) submetidas à cirurgia "sham" (placebo) + 84 dias em suas gaiolas. (B) cirurgia placebo + 144 dias em suas gaiolas. (C) ovariectomia nas ratas + 84 dias nas gaiolas. (D) ovariectomia + 144 dias nas gaiolas. (E) ovariectomia e treinamento por salto, antes da instalação da osteopenia. (F) ovariectomia + 60 dias e, após este período iniciarão o treinamento de alto impacto. Após o procedimento experimental os fêmures serão dissecados e analisados em suas propriedades mecânicas e visualização de densitometria óssea dos fêmures direitos e, cortes histológicos dos fêmures esquerdos. Serão realizadas, ainda, análises de sangue dos animais no início e término do experimento, para verificar os níveis de cálcio e de estradiol, para a confirmação da osteopenia e comparações posteriores. O nível de significância dos testes estatísticos a serem utilizados, sobre os dados quantitativos, será de p<0,05.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
OKUBO, R.; SANADA, L. S.; CASTANIA, V. A.; LOUZADA, M. J. Q.; DE PAULA, F. J. A.; MAFFULLI, N.; SHIMANO, A. C. Jumping exercise preserves bone mineral density and mechanical properties in osteopenic ovariectomized rats even following established osteopenia. OSTEOPOROSIS INTERNATIONAL, v. 28, n. 4, p. 1461-1471, APR 2017. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.